Símbolos Religiosos

Cada religião possui seu símbolo característico – conheça-o

A humanidade sempre buscou respostas para o desconhecido. Quando não encontrava, atribuía-lhe uma característica divina, uma origem misteriosa e superior, a qual não cabia responder questionamentos humanos. Os símbolos religiosos surgem nesse contexto como a representação da crença no superior, no divino. Cada símbolo possui suas características e significados de acordo com a cultura em que surgiu.

A simbologia é muito importante para a humanidade, é através dela que estabelecemos padrões representativos do que acreditamos.
Embora cada lugar do mundo possua sua própria cultura, os símbolos religiosos aparecem quase que como objetos comuns a toda a humanidade, são atemporais e viajam pelas gerações e culturas, tendo seu significado inclusive alterado às vezes, como no caso da suástica: o símbolo da vida, mas que passou a ser encarado por muitos como o símbolo do mal absoluto do nazismo. Alguns são extremamente famosos: o símbolo da cruz é conhecido por todo o Ocidente, ou ainda o Yin-Yang, que é conhecido principalmente esteticamente aqui no hemisfério ocidental, ou então de maneira superficial como o “masculino e feminino”.

Conheça a origem e significado dos símbolos religiosos, patrimônios da cultura de um povo:

Cruz

É o símbolo do cristianismo. Na verdade é uma adaptação de símbolos religiosos pagãos, e foi adotada como símbolo pelos cristãos quando o imperador Constantino acabou com a pena de morte na cruz, no século 4. Além do simbolismo da morte de Jesus, ainda possui para muitos o simbolismo da trindade divina: Deus (ponta superior da cruz), Jesus (ponta inferior da cruz) e o Espírito Santo (laterais da cruz).

Cristianismo

Yin Yang

É o símbolo representativo do taoísmo. Simboliza o equilíbrio presente na natureza, em todos os aspectos: o dia e a noite, as estações do ano, o plantio e a colheita, o feminino e o masculino. O equilíbrio é representado não só pelas cores opostas, mas pela invasão de um símbolo dentro do outro: indica o caráter complementar das coisas na natureza. É um símbolo muito empregado não só por seu significado, mas também por sua beleza.

Estrela de Davi

Utilizada pela cultura judaica, representa o equilíbrio entre o céu e a terra.

Judaica

Lua Crescente com Estrela

Embora maioria dos fiéis islâmicos negue a utilização de símbolos para representar sua fé, o símbolo é associado a sua cultura.
A origem do símbolo é creditada ao fato de que, por serem povos nômades que viajavam a noite, os árabes cultuavam a lua.

Cultura

Estrela de nove pontas

Sua origem é persa, e pertence à religião Fé BAHÁ’I. Esta religião prega que os vários profetas enviados são todos legítimos, e cada um veio avisar seu povo de uma verdade única sobre Deus. As religiões consideradas como fundadas por profetas verdadeiros são: sabeísmo, hinduísmo, budismo, judaísmo, cristianismo, zoroastrismo, islamismo, fé babí e fé bahá’i.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religião

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário