Síndrome de Johnson

A Síndrome de Stevens-Johnson – SSJ,  ou simplesmente Síndrome de Johnson como é conhecida é uma doença que afeta as mulheres e os homens e que em alguns casos pode ser fatal, que apresenta lesões como a herpes nas mucosas oral, ocular, anal e genital. É uma das variedades do eritema bolhoso multiforme, que pode ser provocado por medicamentos, infecções bacterianas ou virais. A Síndrome de Johnson é uma das muitas formas de erupções que podem acontecer pelo uso de medicamentos, como uma forma de reação alérgica, outras são a urticária, o eritema multiforme, o eritema nodoso e a necrólise epidérmica tóxica.

Síndrome de Johnson

Síndrome de Johnson

Sintomas

A gravidade que as erupções medicamentosas podem apresentar variam de uma hiperemia sobre uma pequena área podendo chegar a um processo de necrose do local afetado e um transtorno sistêmico considerado grave e até fatal. O aparecimento das erupções podem acontecer subitamente logo após a ingestão do medicamento ou pode acontecer horas e te mesmo dias depois. Em alguns casos raros a erupção pode acontecer alguns anos depois, como o caso do arsênico que pode causar alteração da cor, descamação e até mesmo degeneração cancerosa na pele depois de anos da ingestão da substância.

Stevens

Stevens

Causas da síndrome

As causas da síndrome de Johnson são na maioria das vezes desconhecidas, sendo muito difícil na maioria dos casos identificarem o que deu origem ao processo que pode ser causado por medicamentos, infecções bacterianas, infecções virais e outras causas desconhecidas. As drogas começa a fazer efeito e são suspeitas de desencadearem  mais frequentemente a síndrome são os antibióticos que contém sulfa, a penicilina, os anticonvulsivantes, o alopurinol ou os antiinflamatórios não esteróides, os barbitúricos e os analgésicos. Algumas vezes a Síndrome de Johnson acontece associada a outra doença grave, tornando o diagnóstico bastante difícil.

Foto

Foto

Diagnóstico

São muitas as causas que podem ocasionar as erupções e não existem ainda exames laboratoriais que possam definir com precisão qual a origem da erupção e se é de algum medicamento em especial. Descobrir qual a substância causou o problema pode ser quase impossível pois basta uma dose ínfima para desencadear o processo, que pode ocorrer imediatamente após a ingestão da droga ou mesmo muitos meses após o seu uso. Qualquer medicamento usado pode ser a origem, inclusive aqueles vendidos livremente pelas farmácias como gotas nasais, colírios e supositórios, mais sempre tome cuidado com os remédios falsos.

Tratamento e riscos

Normalmente as reações e erupções medicamentosas desaparecem com a interrupção do uso da substância responsável. No entanto dependendo da gravidade das lesões deve ser determinado qual o tratamento. A síndrome de Johnson pode apresentar alteração do sistema nervoso central, coração, rins e do sistema gastrintestinal, principalmente em pacientes idosos e no caso de ocorrerem infecções secundárias. Pode ocorrer uma evolução para uma Necrólise Epidérmica Tóxica, uma doença grave que pode levar o paciente a morte.

10 comentários

  1. tenho uma amiga que teve esta doença ,so que ela falecel .foi atraves de uma alergia de camarao que comeu em outra cidade.depois disso trancou as glandulas de sua garganta e a pele dela começou a tipo descascar.

  2. franciele oliveira

    tenho uma amiga que teve esta doença ,so que ela falecel .foi atraves de uma alergia de camarao que comeu em outra cidade.depois disso tomou um remedio contra alergia ai. trancou as glandulas de sua garganta e a pele dela começou a tipo descascar.depois de mais ou menos um mes ela veio a falecer.

  3. eu tive esta sindrome qndo tinha 27 anos ,agora tenho 32 e continuo convivendo com este fantasma.

  4. Tive esta doença a tres anos,começou com uma febre leve e depois de uma semana varios obsseços por debaixo da pele,não podia nem tocar os pes no chão,depois começou a estourar sem sair agua,na cabeça então…foi horrivel!juro ,pensei que ia morrer.desde então tomo cuidado com medicamentos que tomo,principalmente com sulfa,antibioticos e outros.as vezes espero a dor de cabeça passar sozinha de tanto traume que peguei.

  5. Minha filha de 4 anos teve a ssj em novembro de 2010,sofreu bastante ficou com manchas na pele,nao sabemos pq ela teve,mas nao teve sequelas maiores.

  6. oi!então eu passei por isso tem uma semana que tive alta do hospital…fiquei com o rosto as orelhas,braços,torax totalmente como se queimados se espalhou para o meu corpo mas só umas manchas que estão espelando,fiquei do dia 25/03 até 05/04 internada,hoje em dia estou ficando bem, mas tenho manchas no rosto e nas partes mais atingindas,marquei dermatologista para saber o que podemos fazer para melhorar a minha situação…não foi nada facil,mas tive uma equipe ótima de médicos ao meu lado e procurei ficar o mais calma e feliz possivel porque é uma situação muito delicada e incomoda.é uma doença rara que em 1000 habitantes um pega, por alergia a medicamentos.
    Eu ja sabia que era alérgica a pilicilina,mas o remédio que tomei foi por conta própria,achei que fosse calmante,mas era anticonvulssivo:fenorbarbital ou seja Gardenal. JESUS ACIMA DE TUDO ME CUROU…
    Hérica,33 anos

  7. Minha mãe teve essa doença. Foi mais grave do que todos descrevera aqui… foi mais feio que todas estas fotos juntas… aparentemente sarou após mais de 20 das hospitalizadas. Algum tempo depois teve problema grave no pulmão, no coração, e por fim nos intestinos. Faleceu menos de um ano após a SSJ. Infelizmente…

  8. Estou passando por isso não precisei ficar enternada,mas confesso que com tudo que li e fotos que vi fiquei bem mais assustada.Estou tratando com um dermatologista.Não esta sendo facil mas com muita força de vontade e com muita fé em DEUS estou me recuperando. Mas é graças a DEUS que estou viva…..

  9. eu tivi essa dença a alguns anos e nunca vou esqueçer e muito doloroza fiquei sem ver poque os olhos ardem viramos um mosntro pos nossa pele fica com bolhas que paresem queimaduras por algun tempo nao conseguia olhar no espelho. neste momento temos que ter muita fe em deus. e tive um problema a mas o medico errou o dignostico e falou que era outra doença e por isso eu quase morria.

  10. Eu sou da BA e fui p SP em novembro de 2011 p fazer uma cirurgia do crânio. Devido a mudança do tempo eu passei mt mal com forte dor na garganta e nos olhos, a familia me levou p um hosp e nada de descobrir o q seria o meu problema. Passei por 4 hosp e não descobriram so no 5 hosp q era um hosp das freirasf “Santa Marcelina” q uma médica descobriu q seria “SSJ” nisso td eu ja estava mt mal, não estava aguentando + de tanta dor sem falar q eu não enxergava,ñ ouvia e nem falava. A 1 semana sem me alimentar e sem beber uma dose de água… A médica disse p minha familia q eu ñ aguentava + 24horas.Mas DEUS é tão maravilhoso q estou aki mt bem e sem nenhuma sequela!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>