Rumba Dança Cubana

A Ilha de Cuba, muito conhecida por suas nuances políticas entre o Socialismo de Fidel Castro e a Democracia dos governos americanos, já viveu momentos de gloria graças à rumba dança cubana, que em tempos idos, atraia turistas do mudo inteiro e que freqüentavam seus simples cabarés, mas de grandes nomes da música popular, como foi o pianista cubano Ernesto Lecuana, que em l93l criou uma das mais famosas rumbas de todos os tempos: Siboney.

Música

Música

Tanto é assim, que um dos maiores jornais de Nova York, O Nova York Tamez em uma de suas edições da época, publicou o seguinte; O Turista que for a Havana e não visitar a Praia Mariano, não conheceu Havana. A Praia Mariano, em Havana, era o coração da boemia. Ali estavam os cabarés mais famosos de cuba, onde se curtia a boa música cubana. Nos cabarés da Praia Mariana, se apresentava grandes nomes da música Latina Americana e, lá rumbia era o rítimo predileto dos turistas por ser um rítimo caliente e alegre, o que fazia a alegria do povo. Rumba dança cubana que teve grandes nomes internacionais imortalizando este ritmo, como foi o caso de Grem Muller e sua orquestra gravando entre outras; Babalú, Malaguenha, Lecuana e Rumba Branca.

Rumba Dança Cubana

Rumba Dança Cubana

A Rumba dança cubana, é um rítimo muito gostoso de ser dançado e que se apresenta num complexo conjunto de passos binários difíceis de serem executados. Com a chegada dos africanos em Cuba, levados pelos espanhóis que os retiraram de Quimbundoenda e Guiné, onde as danças dessas regiões africanas eram imitações dos movimentos dos animais perigosos, como os galos e dos Orixás em suas ações do dia a dia de cada um, permite observas que na rumba primitiva, os movimentos com o corpo eram mais executados do que os movimentos com os pés. Hoje, rumba dança cubana, se tornou uma dança de salão de movimentos equilibrados entre os pés do dançarino e o corpo. Quem não viu Carlitos Tevês, jogador do Corintias dançando lá rumbia em comemoração aos seus gols? Entre as músicas que fazem sucesso nos dias de hoje, a rumba está incluída.

Curso

Curso

As lojas de cd’s tem uma grande diversidade de rítimos musicais da América Latinas nos faz pensar na excelência do povo Latino expressado na rumba dança cubana, que na imortal rumba de Ernesto Lecuana, Siboney, imprime todo o romantismo e a alegria que caracterizam nossa gente. A música, como arte, sempre soube caracterizar as tendências de seus povos, o telurismo, o romantismo, a turbulência, a alegria e a tristeza. E nós Latinos, nos sentimos a vontade para divulgar o preciosismo de nossas musicas e de nossos rítimos, como rumba dança cubana, que consagrou tanta gente no cenário internacional da música. Graças ao lado emotivo dos Latinos, se desenvolve hoje, em toda a América Latina, o aprendizado da nossa música através de programas aulas dança, ajudando a desenvolver nossas potencialidades artísticas e de expressão corporal, dando-nos equilíbrio emocional e espiritual.

3 comentários

  1. Uma excelente perspectiva que você deu sobre a ilha, a política e a rumba de Cuba – amei ler e vou voltar nesse site regularmente! Meu pai é cubano, minha mãe brasileira e eu estou sempre dividido entre os dois países e as duas culturas, que são ricas por demais! É incrível, um dia me dediquei a estudar a fundo os nomes maiores da música de Cuba e fiquei impressionadíssimo… Um nome leva a outro que leva a outro e outro mais. É nessa altura que eu dou valor a quem se dedica a separar o essencial do acessório nas músicas de todo o mundo. É um trabalho valiosíssimo e nem sempre devidamente reconhecido! Mas é o exemplo desse site de rádios aí: http://cotonete.clix.pt/ é meu bookmark favorito para ouvir música de todos os estilos! Dá logo uma saltada lá!

  2. Carlos,

    Bem legal o site mesmo.

    Comentário bem rico e interessante, Parabéns! e obrigado pela participação…

    Att

  3. amei esse curso , mande -me um video dessa dança , p/ meu e-mail , pleaseeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>