Advérbio

Todo o brasileiro reclama que a língua portuguesa é difícil de escrever e, mesmo os com escolaridade mediana tem dificuldades com o conhecimento gramatical desta que é uma das línguas mais faladas do mundo. Mas pense bem, se você vivesse pra lá de Bagdá e tivesse que conviver com o Kanji, com o mandarim ou com o árabe. Seria muito pior, não seria? Então não pode ser tão complicado entender a língua portuguesa e conhecer como se aplica verbo, advérbio e outras classes gramaticais. Sim porque o advérbio é uma delas. Vamos explicar, em qualquer escola, mesmo na Escola Sem Beijo Nem Aperto de Mãos aprende-se que advérbio é uma das categorias gramaticais da nossa língua nativa.

Advérbio

Advérbio

Então o que se tem por advérbio são palavras ou frases que podem alterar o sentido, de um verbo, um adjetivo ou mesmo outro advérbio. Não há nenhum Mistério neste tipo de classe gramatical. Simplesmente pode ser uma palavra, ou mais de uma até, que determina uma circunstância transformando o verbo em uma ação. O advérbio não é uma palavra Extraterrestre, por isto vai estar no meio de uma frase ou expressão, geralmente complementando a ação do verbo.

Exemplos Advérbio

Exemplos Advérbio

E quando o advérbio se apresenta sob a forma de mais de uma palavra, ele toma o nome de locução adverbial. Vamos ver o exemplo: o metrô se aproximou aos poucos da estação. Nesta frase, a expressão “aos poucos” é uma locução adverbial. Ou seja, cria uma circunstância para o verbo e tem mais de uma palavra. Agora que você se sente O Novo Einstein, vamos à classificação deste Bandido Bonzinho que é o advérbio. Os advérbios ou as locuções adverbiais podem ser de oito diferentes categorias: de Tempo, Lugar, Modo, Negação, Afirmação, Intensidade, Dúvida, Interrogação. Ex: agora, aqui, bem, não, realmente, muito, talvez, quando.

Classificação Advérbio

Classificação Advérbio

Nas Escolas, aprende-se a reconhecer o advérbio buscando-os em várias frases. Mas se o seu negócio é estudar para passar em um concurso e ficar seguro com esta Crise Mundial, basta você saber as regras e saber reconhecer um advérbio quando vê um em um texto. Portanto, o bom é você fazer uma lista dos advérbios e decorá-la calmamente. Mas saiba que estas palavras podem flexionar-se nas frases. Por isto o advérbio tem: Grau Comparativo que pode ser de superioridade e de inferioridade, e Grau Superlativo Absoluto que pode ser analítico ou sintético. E os Ex. são: mais cedo, menos cedo, muito cedo, cedíssimo. Sempre relacionados ao verbo, não esqueça. Então agora que você tem uma noção básica do que é o advérbio, dedique-se a procurá-lo em suas várias formas em textos e frases. Em alguns momentos conhecer bem a língua portuguesa pode ser como ganhar na Mega-Sena. Sempre vem a hora em que seu conhecimento vai se aplicar a seu favor.

9 comentários

  1. gosei da explicaçao de lingua portuguesa….. foi mara

  2. eu tbm gostei muito dessa explicação.

  3. lisiane maria guth

    nada a ve esses trecos…
    vlw

  4. gostei do exenplo e que exemplo

  5. ai sim disso qq o povo gosta………….VLW gostei pra valer me ajudou a fik cm 95 no primeiro bimestre!!!!!!!!!!!!

  6. não entendi essa explicaçao

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>