Polícia Florestal: Protegendo o Meio Ambiente

A Polícia Florestal opera em algumas regiões específicas do país e possui parceria com diversas organizações privadas e setores da administração pública. O grupo atua a favor da preservação ambiental, juntamente com o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), o Departamento dos Recursos Minerais, o Departamento Nacional de Pesquisa Mineral, os Ministérios Públicos e Secretarias do Meio Ambiente. A Polícia Florestal é mais conhecida hoje como Polícia Ambiental e seus órgãos mais expressivos estão localizados no Paraná e no Rio de Janeiro.

Polícia Florestal

Polícia Florestal

No ano de 1955, estava prevista em lei a criação de uma Guarda Florestal, na Secretaria Estadual de Agricultura. Essa implementação não ocorreu, pois necessitava de uma estrutura autônoma para a fiscalização. Assim, a Polícia Militar recebeu a responsabilidade de desenvolver a organização. Somente em 1962 a Polícia Florestal passou a existir, após a especialização de oficiais e a conclusão de cursos para o setor.

As primeiras regiões de atuação foram os Parques Estaduais de Vila Velha, Campinhos e Monge da Lapa. Cinco anos mais tarde, a corporação foi denominada Corpo de Polícia Florestal e depois de um acordo com o Governo Federal, ela assumiu o controle do Parque Nacional do Iguaçu e da Floresta Nacional de Irati. No ano de 1974, o grupo passou a ser conhecido como Batalhão de Polícia Ambiental.

Polícia Florestal

Polícia Florestal

No Estado do Rio de Janeiro opera o Batalhão de Polícia Florestal e de Meio Ambiente (BPFMA), criado em 1986 como parte da Polícia Militar. Ele está localizado no bairro do Colubandê, cidade de São Gonçalo. O grupo tem como área de responsabilidade todo o território estadual do Rio de Janeiro. Subdividido em 5 companhias, atua no policiamento ostensivo ambiental, no combate à caça e pesca predatórias, desmatamento, assoreamento de rios e empreendimentos que podem gerar impactos negativos ao Meio Ambiente.

A missão principal da Polícia Ambiental é garantir o cumprimento das legislações ambientais em defesa de todo meio ambiente, além de também desenvolver programas de educação ambiental nas comunidades. O grupo é responsável pela prisão de infratores e apreensão de mercadorias ilegais. As atividades são exercidas em parceria com os maiores órgãos de proteção ao meio ambiente, como o já mencionado IBAMA e as Secretarias Estaduais e Municipais.

Polícia Florestal

Polícia Florestal

Dentro ainda da Educação, a Polícia Ambiental pode realizar palestras, exposições e visitas ecológicas. Na área da fiscalização, ela controla a emissão de poluentes, transporte de cargas, caça, pesca, tráfico, desmatamentos, comércio ilegal, etc. As modalidades de policiamento são diversas, como através de trabalho ostensivo a pé, motorizado, montado, com embarcações, aeronaves e ROTAM (Ronda Ostensiva Tático Móvel da Polícia Ambiental). Essa última modalidade é um tipo especial de policiamento que aborda ocorrências diferenciadas, utilizando um grupo de pessoal mais técnico e especializado.

2 comentários

  1. Nome valber alves cabral

    gostaria de saber como devo fazer uma denuncia , no meu bairo tem muita gente criando passarinho em cativeiro gostaria que o ibama viesse e acabace com estas inlegalidade pois nimquem toma uma atitude ,vc ja no iniciu do morro vc ja ver gente com gaiola na cerca e outros andando na rua com gaiola na mão faz ate roda

  2. Gostaria de saber se é permitido o corte de uma PALMEIRA IMPERIAL,com 36 anos de idade,em um condominio na cidade de Paulista,PE.
    A Palmeira não estava pondo em risco a vida de ninguém,simplismente o sindico cortou a palmeira para construir uma garagem para o seu veículo.
    o condomínio,localiza-se na Av.Dr.Claudio José Gueiros Leite,nº1680,Janga,Paulista<pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>