O Império Romano

Origens

O Império Romano

O Império Romano

A fundação do império romano está envolta em mito e lendas, mas geralmente se aceita a idéia de que Roma foi fundada em 753 a.C. e que sua República foi fundada em 509 a.C., depois da derrocada de Lucius Tarquinius Superbus, último dos sete reis de Roma. A cidade de Roma fica em um ponto altamente prezado pelos Etruscos, que dominavam a península italiana no século 6 a.C.

O rei etrusco Porsenna derrotou os romanos e expulso Tarquinius, mas antes mesmo de consolidar-se monarca entre os revoltosos romanos, teve de recuar. O invés de resstabelecer seu antigo rei, os romanos substituíram a monarquia por dois cônsules eleitos, generais cuja principal função era liderar o exército, e um senado que funcionaria como corpo administrativo. Aonde os etruscos falharam os romanos tiveram sucesso, unificando os povos italianos.

Consolidação de Roma

História

História

Próximo ao fim do século cinco antes de Cristo, os romanos, com crescimento populacional desordenado começaram a expandir seu império à custa de cidades vizinhas. Ao batalhar contra as nações vizinhas desenvolveram seu organizado sistema militar dividido em legiões, com o qual conquistaram e dominaram o mundo antigo.

Enquanto Roma se tornava cada vez mais poderosa, as cidades-estado restantes tentaram se organizar em resistência, o que culminou em uma vitória romana. Em 264 a.C. toda a Itália ao sul dos Alpes estava sob a liderança romana.

O crescimento romano levou à disputa com Cartago, pelo poder comercial no norte da África, o que levou às Guerras Púnicas, com outra vitória romana e seu domínio do Mediterrâneo. Logo eles tomaram grande parte do que foram as terras de Alexandre o Grande: Grécia, Egito, Síria e Macedônia.

De república a Império

Cultura

Cultura

Mas tal expansão não ocorreu sem um preço, tensões cresceram e guerras civis ocorreram. Houve um período de batalhas e revolução que marcaram a transição de Roma de república para império. No fim da república Roma passou pela famosa revolução dos escravos liderada por Espártaco e deu origem aos famosos Cícero e Júlio César. César foi um grande político e estrategista, conquistando a Gália entre 58 e 50 a.C. e procedendo contra todos seus oponentes em uma guerra civil que o deixou como líder absoluto de Roma. Porém foi assassinado e seu sobrinho se tornou o primeiro imperador de Roma, Augusto.

Salvo Calígula e Nero, Roma teve grandes líderes durante seus primeiros dois séculos, que expandiram suas fronteiras da Grã-Bretanha ao Egito e da Espanha a Pérsia. A Roma imperial não era famosa apenas por seu organizado exército, mas também por seus avanços em engenharia e política. Eram notáveis administradores de cidades, hábeis com sistemas legais epreservação do conhecimento, mantendo grande parte da cultura grega viva com eles.

A lei romana, complexa e desenvolvida, foi unificada no código de Justiniano no século seis. Seu sistema de estradas não tinha igual, desenvolvido para o rápido desenvolvimento do comércio, agricultura, movimentação militar e envio de informações. A arquitetura urbana contemplava níveis excepcionais de higiene, com encanamento, esgotos, represas e aquedutos. A arte e arquitetura em geral, apesar das claras influências gregas, eram muito desenvolvidas. Em suma a ciência e arte romana foram a fundação do mundo europeu.

Decadência e divisão

Após a morte do imperado Marco Aurélio em 180 d.C., o império teve uma infeliz série de líderes fracos. A guarda dos pretórios, corpo de guarda-costas de elite do imperador, logo se transformou em mercenários. Em meio a fraqueza política, divisão interna e invasões bárbaras, Roma entrara em colapso. Somente com Constantino (306 a 337 d.C.) houve uma mudança. Ele fundou Constantinopla para ser a nova capital do império, cidade na qual o império bizantino evoluiria e legalizou o cristianismo como religião oficial.

Após a morte de Constantino, o império foi divido em ocidental e oriental, e nos séculos quatro e cinco, sob pesados ataques bárbaros, somente o lado oriental sobreviveu tornando-se o império bizantino. No ocidente restaram apenas as enormes influências desse grande império.

7 comentários

  1. ” deveria ser mais completo

  2. procurei esse site para fazer um pesquisa escolar e gostei muito tinha tudo que ue precisava

  3. gostei

  4. achei exelente a qualidade da pesquisa

  5. a dorei o texto pois ele me trouxe muitas informaçoes obrigado escola clodoaldo eu agradeço muito a todos vcs por ter me ajudsado a pesquisar

  6. a dorei o texto pois ele me trouxe muitas informaçoes obrigado escola clodoaldo eu agradeço muito a todos vcs por ter me ajudsado a pesquisar

  7. eu amei porque o texto e muito interessante para a minha pesquisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>