Profissões em Falta na Noruega com Salários

Visão Geral da Noruega

A Noruega é um país que possui o nome oficial de “Reino da Noruega”, mesmo sendo raramente chamado dessa forma mais formal, e ela se localiza em uma região do continente europeu que fica mais ao norte, sendo composta pelos Países Nórdicos. Assim, essa região passou a ser chamada de Europa Setentrional. Os outros principais países que também fazem parte dessa região são a Finlândia, as Ilhas Feroé, a Suécia, a Dinamarca, entre alguns outros.

A Noruega ocupa mais precisamente o lado ocidental, tanto da Península Escandinava, quanto do Arquipélago Ártico de Svalbard, sendo o segundo conquistado através de um tratado que contem o mesmo nome: O Tratado de Svalbard. Já a parte continental da Noruega faz fronteiras terrestres com a Rússia, com a Suécia e com a Finlândia. Ainda que contenha um todo esse território – que é bastante significativo – como já foi citado, a Noruega ainda faz a reivindicação de uma porção da Terra da Rainha Maud, que é um território que se encontra na Antártica. O litoral / linha costeira do País se estende de modo frontal por todo o Oceano Atlântico Norte e ainda para o chamado Mar de Barents.

As cidades mais populosas que ficam na Noruega são, de modo crescente: Tonsberg, Tromso, Kristiansand, Porsgrunn-Skien, Drammen, Fredikstad-Sarosborg, Stavanger, Trontêmio, Bergen e Oslo. E a religião que é mais difundida em todo o país é a Protestante Luterana, e por esse motivo, grande parte da população forma a Igreja da Noruega.

Noruega

Noruega

Ainda que esse fato da religião seja presente, a participação efetiva e real das pessoas em atividades religiosas é consideravelmente baixa, tendo maior adesão apenas os sacramentos mais conhecidos nas mais variadas religiões, como o batismo, a crisma, o matrimônio e o funeral – que geralmente acontecem realmente nessa ordem na vida de uma pessoa. – O principal motivo para esses serem os momentos mais procurados em uma Igreja se dá principalmente pelo fato de eles serem muito legitimados, tanto o que se diz respeito a aspectos culturais, quanto no que se diz respeito a aspectos sociais.

O idioma falado oficialmente na Noruega é o Norueguês, sendo que ele é um idioma que tem origem Germânica e que se assemelha e se aproxima bastante do idioma dinamarquês e do idioma sueco, compartilhando assim várias características próximas. Porém, o Norueguês conta ainda com duas vertentes principais e mais relevantes, sendo a primeira o bokmal, que é a mais falada pelos habitantes de modo geral, e a segunda o nynorsk.

No que diz respeito ao modelo de sociedade e de política da Noruega, constata-se que eles ainda atoram o modelo escandinavo, que na maioria das vezes também pode ser conhecido como Estado de Bem Estar Social. Esse modelo consiste basicamente na ideia de que o Estado tem um papel importantíssimo de promover diferentes ações sociais e também o de ver de organizar a economia de maneira geral. Outros pontos que também fazem parte desse tipo de modelo, e que foram inspirados em outros modelos nórdicos são: a existência de ensino superior subsidiado, um amplo e digno regime de previdência social e a saúde universal.

Considerando todos os pontos que já foram apresentados acima, torna-se possível entender o porque de a Noruega ser considerada a Nação mais desenvolvida do planeta, título esse dado através da análise de diversos relatórios que abrangem estudos sobre desenvolvimento humano que são emitidos desde o ano de 2001. Mais do que isso, a Noruega também já foi eleita pela Organização das Nações Unidas (ONU), como o melhor país do planeta para se viver.

ONU

ONU

Além desses citados, a Noruega também já ganhou diversos outros títulos, como, por exemplo, o título de “país mais pacífico do mundo”, conquistado no ano de 2007. Essa nomeação se embasou em estudos do Índice Global da Paz. Outro título conquistado foi o de “país mais feliz do mundo”, deixando para trás até mesmo a Dinamarca, que tinha ranqueado o ano anterior.

A Noruega é um país considerado altamente diplomático e promotor de uma adequada cooperação internacional e isso é bastante curioso, porque ainda que o país não tenha aceitado fazer parte da União Europeia, ele ainda consegue manter ótimos e estreitos laços com os países que a compõe a União, e até mesmo países de fora, como os Estados Unidos, por exemplo. Outros pontos que reforçam a diplomacia do país, é o fato de a Noruega já ter conseguido intervir em várias negociações de guerra, inclusive a que visava a trégua com o governo do Sri Lanka dos Tigres Tamil.

Também é importante ressaltar que a Noruega é um dos países que mais aposta e faz contribuições para a parte financeira da ONU – Organização das Nações Unidas e eles ajudam até mesmo em missões importantes de países como Kosovo, que fica no Afeganistão e em Darfur, que são países internacionalmente reconhecidos.

 Darfur

Darfur

O modelo administrativo da Noruega consiste em ser um Estado Unitário que apresenta algumas subdivisões, que são conhecidas como condados ou ainda fulkers e outras subdivisões chamadas comunas oi kommuners. Já o regime político adotado lá é a monarquia constitucional hereditária, e assim sendo, atualmente a Noruega conta com um Chefe de Estado que é o Rei Haroldo V. Além disso, o país também é uma democracia parlamentar.

A Noruega atuou como fundadora e até os dias de hoje ainda é membro de diversas organizações, sendo as principais delas a OTAN, que é a Organização do Tratado do Atlântico Norte, do COE, que é o Conselho da Europa, das Nações Unidas e do Conselho Nórdico. Além disso, o país também é somente membro – sem participar da fundação – de outras entidades, como a OCDE, que é a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, da OMC, que é a Organização Mundial do Comércio e também do Espaço Econômico Europeu.

A respeito da origem do nome do país, alguns etimologista, que são as pessoas responsáveis por estudar e pesquisar a origem das palavras, apontam que o nome dado ao país significa algo próximo a “Caminho para o Norte”, sendo originado do termo do idioma nórdico antigo “nor veg”. Assim, antigamente o nome do país era Noregre, e o nome oficial de Noruega só foi adotado tempos depois.

O clima da Noruega pode ser encaixado em três principais classificações, sendo elas o clima oceânico, o clima continental e o clima alpino subártico, que em resumo representa o fato de o país contar com verões mais tranquilos e amenos e com invernos mais fortes e rigorosos, que apresenta muito vento e neve. Porém, indo contra o que muitos países escandinavos apresentam, a Noruega tem uma faixa litorânea muito significativa, e isso faz com que até nos meses mais frios seja possível encontrar algumas temperaturas acima de zero.

Profissões Em Falta Na Noruega

Com tudo que foi apresentado é bastante claro que a Noruega é um país muito interessante e agradável para se viver, e isso atrai muitos e muitos imigrantes. Porém, além de toda a questão de legalidade e outros pontos jurídicos de imigração – que não serão apresentados nesse artigo – muitas pessoas necessitam de uma profissão fixa e concreta para realizar esse feito de tentar a vida em outro país.

Como isso pode não ser uma tarefa tão fácil, é importante tentar buscar na Noruega, áreas que realmente estejam precisando de profissionais, pois assim a procura se torna muito mais efetiva. Assim, através de algumas pesquisas foram levantados dados que apontam que os engenheiros são os profissionais que se encontram mais em falta no país, possuindo um déficit de aproximadamente quatorze mil engenheiros lá.

Bandeira da Noruega

Bandeira da Noruega

Os ramos da engenharia que se encontram mais desfalcados no país e que mais contam com demanda de profissionais são: Engenheiros Mecatrônicos / Engenheiros de Controle e Automação, Engenheiros Hidráulicos, Engenheiros Elétricos, ou ainda Engenheiros que possuem alguma especialização no ramo da tecnologia marítima, arquitetura naval, perfuração, instrumentação, entre outros. Vale ressaltar que para que se trabalhe de engenheiro na Noruega é necessário ter o domínio e a fluência no idioma inglês.

Também existe falta de profissionais na Noruega nas áreas de saúde, já que o país recorre até mesmo recrutamentos em Portugal, para empregos de enfermeiros especializados em cirurgias, enfermeiros especializados em partos, ou ainda enfermeiros especializados em cuidados intensivos. Na área de educação também há a necessidade de uma maior quantidade de profissionais, principalmente no campo da educação infantil.

Outras profissões que frequentemente também necessitam de uma maior demanda de profissionais são: soldadores, mecânicos para automóveis, canalizadores, cortadores de carne, cabeleireiros, operadores de processo de modo geral e trabalhadores da indústria metalúrgica. No inverno sobe a necessidade de profissionais para trabalhar na área da cozinha, como pasteleiros, padeiros e até mesmo chefes graduados.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Turismo

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.