Lábio Leporino

O lábio leporino é uma anomalia que consiste numa má formação do bebê que acontece durante a quarta até a décima semana de gestação, ocasionando uma fissura entre o nariz e a boca. Essa má formação tem diversos níveis e varia de uma pequena fenda até mesmo a separação total do lábio superior no nariz até a boca, variando de leve a severo.

Não esqueça que os estudos comprovam que 50% das crianças que nascem com lábio leporino também apresentam a fenda palatina, que é quando o céu da boca também não se fecha. Essas duas anomalias podem acontecer juntas ou separadas, e afetam uma a cada 700 crianças, sendo mais frequentes entre crianças asiáticas e índias americanas. Nas crianças afro-americanas a incidência de casos de lábio leporino é significativamente menor. É importante mencionar que crianças que nascem com lábio leporino ou fenda palatina não apresentam necessariamente nenhum outro problema físico ou mental.

Causa

Causa

Causas da incidência do Lábio Leporino ou Fenda Palatina

As pesquisas médicas e científicas acerca das causas que ocasionariam essa má formação no feto foram infrutíferas, e ainda não se conhecem as causas que justifiquem essa anomalia. Entretanto, há evidências que indicam que o problema acontece preferencialmente em famílias que têm em seu histórico outros casos, seja no pai ou outro parente próximo, também existe a possibilidade de se ter dois filhos com o mesmo problema. Fatores ambientais, tais como drogas, remédios, fungos, produtos químicos, deficiência de acido fólico e outras vitaminas podem interferir no fechamento normal do palato e também no desenvolvimento dos lábios da criança.

Lábio Leporino

Lábio Leporino

Detecção e correção

Hoje em dia, graças ao avanço da tecnológia e aos modernos aparelhos de ultrassom já é possivel diagnosticar o lábio leporino ainda antes do nascimento, assim os pais podem ser preparados para receber a criança e também orientados sobre o tratamento. Tão logo a criança complete 5 quilos, e apresentando boas condições de saúde e beleza a primeira cirurgia corretiva pode ser realizada. A cirurgia do palato, no entanto, só pode ser realizada depois do primeiro ano da criança.

Foto

Foto

Amamentação e alimentação

Um dos maiores problemas enfrentados pela criança avantajadas que nasce com lábio leporino é a dificuldade para se alimentar e também para mamar no peito, assim a mãe deve ser orientada para persistir na tentativa de amamentação, e sendo impossível deve tirar o leite e dar na mamadeira para criança. O leite materno é de suma importancia para que o bebê ganhe peso e possa fazer a cirurgia com o minimo de riscos possíveis. As dificuldades naturais de alimentação causadas por esses problemas podem ocasionar nas crianças problemas como otites, pneumonias, anemias e dificuldades no desenvolvimento da linguagem e da fala.

Tanto o lábio leporino quanto a fenda palatina são anomalias físicas que podem ser corrigidas através de cirurgias, mas precisam de atenção dos pais e tratamento adequado, para que a criança possa ter uma vida normal, e livre de preconceitos.


Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário