História do Grêmio

Uma das principais rixas que existe no futebol brasileiro é aquele entre os torcedores do Grêmio e do Internacional. O jogo entre os dois times do Rio Grande do Sul é chamado de Grenal. Os dois clubes já se enfrentaram em campo quase 400 vezes sendo que tem uma média de vitórias equilibrada embora o Internacional tenha vencido mais vezes.

O clássico gaúcho é tido como um dos principais do país e no ano de 2008 quando jornalistas nacionais e internacionais foram consultados a respeito de qual seria o maior clássico do país escolheram o Grenal. Esse destaque para o Grenal se deve pelo fato de praticamente dividir o Rio Grande do Sul. Em outros estados brasileiros em geral existem três ou até quatro grandes clubes, mas o estado dos pampas tem apenas os dois times.

Grenal – A Grafia

Até na grafia os dois clubes conseguem estabelecer a rixa, pois alguns torcedores colorados (do Internacional) com o objetivo de destacar o seu clube sugerem que a escrita correta deve ser GreNal ou Gre-Nal. Porém, ortograficamente não faz sentido escrever Grenal de uma dessas duas maneiras.

A grafia que é reconhecida no país como um todo para esse clássico é mesmo Grenal mesmo que os colorados não gostem muito. Na verdade o que importa mesmo é saber qual time se dá melhor não é mesmo?

A História do Grenal

O nome Grenal para o clássico gaúcho começou a ser usado no ano de 1926 pelo jornalista Ivo dos Santos Martins que era torcedor do Grêmio. O jornalista estava cansado de ter que escrever por extenso o nome dos dois clubes e então fez essa junção de nomes.

Como o Grêmio foi criado seis anos antes do Internacional manteve por um tempo a liderança das estatísticas dos Grenais. Aliás, o primeiro Grenal da história foi uma vitória do Grêmio por 10 a 0. Essa partida foi realizada em 18 de julho de 1909 e teve 5 gols marcados pelo jogador alemão Edgar Booth, o autor do primeiro gol da história do Grenal.

Revanche Colorada

Entretanto, a hegemonia do Grêmio não durou muito, pois no clássico de número 89 venceu o adversário por 4 a 2. O jogo foi disputado no dia 30 de novembro de 1945 uma fase em que o colorado gaúcho era conhecido como “Rolo Compressor”. Nesse dia o Internacional passou a frente do Grêmio com 38 vitórias a 37 do outro e 14 empates. Desde essa partida o Inter se manteve na frente do adversário com larga vantagem até que em 1952 o Grêmio começou a se reerguer e reduzir a vantagem.

O Fim do Preconceito Racial no Futebol

O momento de volta por cima do Grêmio se deu quando houve o fim do preconceito racial no futebol. No ano de 1952 o Grêmio contratou o jogador Tesourinha que tinha sido um grande ídolo no Inter. Após alguns meses foi contratado o técnico Foguinho que montou um time com maioria dos jogadores negros que começou a ganhar tudo o que disputou.

Com essa equipe o Grêmio ganhou 12 campeonatos num espaço de tempo de 13 anos. Porém, o colorado também reagiu mantendo a sua hegemonia, o período mais interessante do Inter nas últimas décadas de Grenal se deu entre 1969 e 1976. Nesse período foi construído o Estádio Beira-Rio e também de um dos times mais fortes do clube.

A Ascensão do Colorado

Durante essa fase de construção do estádio o clube colorado venceu 18 jogos dos 40 disputados com o Grêmio, empatou outros 18 e perdeu apenas 4 partidas. Para se ter uma ideia o Inter ficou invicto no Grenal por 17 partidas, de 17 de outubro de 1971 a 13 de julho de 1975. Esse é o maior período de invencibilidade do Grenal.

Alguns Números do Grenal

O maior período de invencibilidade do Grêmio no clássico foi de 13 jogos entre 16 de junho de 1999 e 28 de outubro de 2002. No começo dos anos 1980 a vantagem do Inter chegou a ser de 31 jogos, porém, em 2002 essa vantagem foi reduzida para apenas 15 jogos e se manteve em 20 vitórias mais recentemente.

O Grêmio registrou como o maior número de vitórias consecutivas em Grenal seis vitórias, o clube conseguiu essa marca por quatro vezes. A última vez que o Grêmio permaneceu tanto tempo sem perder do Inter foi em 1977-78. O Inter tem como maior sequência de vitórias consecutivas cinco, fez isso quatro vezes, a última vez que isso aconteceu foi em 1974-75.

O Grêmio ganhou uma partida com mais de 2 gols de diferença no adversário no Estádio Olímpico 8 vezes e no Estádio Beira-Rio apenas uma vez. Já o Inter conseguiu vencer com essa diferença de mais de 2 gols o Grêmio 3 vezes no Estádio Olímpico e uma vez no Beira-Rio.

O colorado chegou a ficar 40 anos sem golear o adversário, o período entre 1954 e 1994. Foi apenas depois de 39 anos que o seu estádio, o Beira-Rio, estava pronto que o Inter conseguiu golear o rival no seu espaço.

Gangorra

Durante algumas décadas o Grenal passou por uma fase conhecida como ‘gangorra’ em que um dos dois está numa ótima fase enquanto o outro está numa má fase. O ano de 2006 marcou o fim dessa gangorra, pois o Inter terminou o Campeonato Brasileiro em segundo lugar enquanto o Grêmio foi o terceiro colocado.

Os dois times rivais puderam então participar juntos da competição Taça Libertadores da América de 2007. No ano de 2011 esse fato curioso se repetiu sendo que os dois clubes se classificaram para a fase de grupos da Libertadores e poderiam ter se encontrado na fase de quartas de finais se os dois não tivessem sido desclassificados.

Grenal – Um Clássico de Paixão

Dois dos maiores clubes do Brasil mostram que o futebol pode sim sair do eixo Rio-São Paulo e ter bons jogos. Os times sempre apresentam um bom futebol e merecem o destaque que possuem em cenário nacional.

A verdade é que o Grenal é um grande clássico do futebol brasileiro e é disputado por dois dos maiores clubes do nosso país. Acompanhar uma partida do Grenal é sempre uma emoção que conta com duas torcidas apaixonadas. Torcemos para que os jogos se realizem sempre com paz entre as torcidas e que vença o melhor.

Grêmio

Toda a história da fundação do Grêmio, como time oficial do Rio Grande do Sul, tem origem antes mesmo de sua fundação como time. No ano de 1904, acontece o primeiro jogo, com o time entrando em campo para vencer o Fuss Ball Time, também de Porto Alegre. Contudo, o reconhecimento mundial e os jogos internacionais só vieram no ano de 1949, quando o clube jogou em alguns países europeus, levando a sua história a ser reconhecida pelas demais nações. Depois, vieram as contratações de jogadores famosos e toda a história foi se tecendo com os títulos e premiações.

História do Grêmio

História do Grêmio

Depois de 1954, com a inauguração do estádio gaúcho, vieram mais títulos e, posteriormente, o time chegou aos oito títulos nacionais, revelando a força do mesmo entre todos os grandes clubes do país. O Grêmio tem sua história nas raízes gaúchas e até hoje é um dos times de maio porte de toda a região sul.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Futebol

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário