Futebol Feminino

O futebol feminino, dizem os ingleses, foram eles os criadores. Na verdade, o futebol feminino no Brasil é, seus incentivadores e muitas meninas correndo atráz de uma bola de futebol. Mas no Brasil, uma alagoana em especial, dedicou grande parte de sua vida ao futebol feminino, Dona Esmeralda, que ainda hoje continua lutando para manter seu time, o Alagoano vivo nas competições, enfrentando preconceitos e todo o tipo de dificuldades inerentes ao esporte de um modo geral. A crise financeira no futebol, é com certeza, a maior delas. No Brasil, são vários os clubes que abriram janela para o futebol feminino que hoje conta com milhares de meninas correndo atráz da bola e se profissionalizando e vencendo o preconceito de que futebol é para homem e não para mulher.

Futebol Feminino

Futebol Feminino

Na maioria dos Estados brasileiros, o futebol feminino já é uma realidade. São Paulo e Rio de Janeiro são os Estados onde mais se desenvolveu o futebol feminino. Em termos de seleção feminina o Brasil evoluiu muito, tendo conquistado por mais de uma vez, o título de campeão Sul-americano, vice-campeão mundial e medalhas nos Jogos Olimpicos. Nosso futebol feminino conta com atletas de nível internacional, como é o caso da Marta, recentemente contratada pelo Los Angeles, clube dos EUA, onde, em sua estréia, levou mais de vinte mil pessoas ao estádio, onde a média é de cinco mil torcedores.

Seleção Feminina

Seleção Feminina

O sonho de toda mulher é o sucesso pessoal, por isso, certamente, Marta é uma mulher realizada, pois já alcançou o top de sua carreira futebolística. Em sua estréia nos EUA, a torcida do seu clube, o Los Angeles, venceu por dois a zero e a torcida apresentou no estádio, cartazes com os dizeres; ¨sou louco por ti Marta.¨ Emile Falco, viajou mais de três horas de avião para ver a estréia de Marta no futebol feminino dos EUA, um dos mais fortes organizados do mundo. Mia Hamm, a Pelé dos gramados americanos, deu o pontapé inicial no jogo de estréia de Marta.

Campeonato Futebol Feminino

Campeonato Futebol Feminino

Para nós brasileiros que já temos o titulo de campeões dos jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro, o vice-campeonato na Copa do Mundo da FIFA, na China e duas medalhas de Prata nas Olimpíadas de Atenas e Pequim, resta-nos a certeza de que estamos no caminho certo. É só continuar investindo no futebol feminino, quebrando preconceitos e, principalmente, procurando uma melhor estrutura e organização a nível estadual e nacional, organizando os campeonatos Estaduais para que se possa alcançar um dia, um campeonato nacional de futebol feminino, a exemplo do brasileirão masculino. O elemento humano existe, a estrutura dos estádios de futebol também já existem. O que falta é determinação e investimento no futebol feminino. Mulher bonita no Brasil, sempre foi motivo de atração e os clubes que formaram equipes femininas, estão cheios de belas mulheres competentes e vencedoras dos preconceitos. Em todos os setores da atividade de esportes, a participação das mulheres tem alta qualificação.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Esporte

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário