Futebol De Salão

O futebol de salão é jogado em uma quadra menor do que um campo de futebol e com apenas cinco jogadores, sendo um goleiro que defende, mas pode atacar, um fixo que joga na defesa, dois alas que conduzem a bola pelas laterais e um pivô que se movimenta no ataque. Como no futebol de campo, o gol é seu principal objetivo, ganhando o jogo a equipe que marcar mais gols. Na grande maioria das quadras de futebol de salão, elas são fechadas, ou em ginásios coberto. Como no futebol, o goleiro é o único jogador que pode tocar a mão na bola. O futebol de salão define suas regras, a partir de l950, quando em São Paulo foi fundada a primeira Liga de Futebol de Salão, pela Associação Cristã de moços e, já em l954, Luiz Gonzaga de Oliveira, editava o primeiro livro contendo as Regras do futebol de salão para evitar a mistura com artes marciais.

Futebol De Salão

Futebol De Salão

Esporte de grande praticidade, devido ao reduzido tamanho da quadra e o pequeno número de jogadores, em número de cinco, logo ganhou um grande número de adeptos que acabou levando o futebol de salão, do Estado de São Paulo, para todos os recantos do Brasil, onde se perde muito tempo esperando aviões. Em função do crescimento do futebol de salão, hoje existem federações em todos os estados brasileiros, multiplicando de forma extraordinária o número de atletas, oportunizando ainda, o surgimento de astros como o nosso Falcão, dono dos dribles mais desconcertantes do futsal, se tornando um verdadeiro artista nas quadras. Falcão é considerado o maior jogador de futebol de salão do mundo.

Regras

Regras

Seus dribles desconcertantes já o levaram ao futebol de campo, no São Paulo Futebol Clube, onde não se adaptou, voltando às quadras do futebol de salão, onde continua brilhando como estrela de primeira grandeza e levando o Brasil a conquistar campeonatos atrás de campeonatos. O futebol de salão já é o esporte mais praticado no Brasil e só não é mais popular do que o futebol de campo, a grande paixão brasileira. O futebol de salão é praticado com uma bola menor, porém mais pezada do que a utilizada no futebol de campo. Como o futebol de salão é praticado em uma quadra bem menor, a possibilidade de a bola sair da quadra é maior e para evitar isso, se estabeleceu um maior peso para que a bola não kique muito, evitando assim, sair da quadra.

Fundamentos

Fundamentos

Na termologia do futebol de salão é bom atentar para o siguinificado de algumas palavras como, por exemplo o passe, que é a ação de enviar a bola até o seu companheiro, completando a tabela. Já o drible, é uma ação individual que viza enganar o adversário criando a oportunidade de gol ou de provocar golpes baixos. O chute é a ação de golpear a bola em direção ao gol adversário e a  condução é a ação de progredir com a bola a seus pés. O futebol de salão é uma maravilha da engenharia esportiva que já rendeu vários campeonatos mundiais ao Brasil.

Regras do Futsal

Entre as várias modalidades de Esportes existentes, o futebol é o que caiu na preferência da grande maioria dos brasileiros. O futsal, ou futebol de salão, como o próprio nome já diz, é uma modalidade de futebol que acontece em uma quadra ao invés do campo. Nesta modalidade de jogo as regras são diferentes do futebol de campo, são 5 jogadores em cada time, incluindo o goleiro, sendo que 12 atletas podem estar na relação do time. Uma partida de futsal acontece em dois tempos sendo que cada um deles é de 20 minutos com um intervalo pequeno, de 5 minutos. Os fundamentos principais de um jogo de futsal são a realização do passe, cabecear, chutar, driblar, receber, conduzir e dominar a bola. Todos estes desempenhos têm o único objetivo de realizar o gol. O goleiro, além da defesa, pode atuar em qualquer situação de jogo, inclusive marcar gols, sendo permitido usar as mãos apenas dentro da área de defesa de seu campo.

Substituição e Gol

A substituição dos atletas é permitida quantas vezes o treinador entender que seja necessário, sendo que o goleiro também pode ser substituído a qualquer momento. Fique Alerta, pois os gols são válidos de qualquer local do campo, existe uma ressalva com relação ao gol, se o goleiro arremessar a bola com as mãos e a mesma entrar no gol este não será considerado, sua atuação como atacante deve se dar somente com os pés o que oportuniza muitos Chutes Mágicos neste jogo.

Cartões

O cartão amarelo significa uma advertência, caso o jogador já tenha recebido um cartão amarelo ele será expulso ao ser novamente advertido. Não Esqueça que o cartão vermelho executa a expulsão e neste caso o atleta não poderá ser substituído pelos próximos 2 minutos ou até que seu time sofra um gol, quando então outro jogador poderá ser indicado para entrar em seu lugar. O jogador expulso não poderá permanecer no banco de reservas, devendo se retirar aos vestiários.

Penalidades e Cobranças

Se a bola for atrasada para o goleiro, tocando ou não nele, e entrar no gol não será considerado válido; a equipe adversária terá então o direito de cobrar um arremesso do canto. Para defender uma cobrança de penalidade máxima a posição do goleiro é em cima da linha que demarca o gol, seus movimentos devem acontecer sempre sobre esta linha. Em cobrança de lateral ou de escanteio, se a bola for atrasada para o goleiro e entrar no gol, ainda que ela toque no goleiro o gol não será considerado válido. Mas em caso de cobrança de lateral ou de escanteio, se a bola for arremessada em campo adversário e tocar em qualquer jogador, inclusive o goleiro, antes de entrar no gol, então este será válido. O goleiro não pode permanecer por mais de 4 segundos com a bola quando for realizar um arremesso da meta, neste caso o adversário terá a posse da bola para a realização de um tiro livre indireto.


Categoria(s) do artigo:
Esporte

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário