Hipocondria

Hipocondria é um transtorno psiquiátrico caracterizado pela crença do paciente de que sofre de uma doença grave. É uma doença que afeta as mulheres e homens, que normalmente tem um medo da morte irracional e uma obsessão por sintomas irrelevantes e uma constante e minuciosa auto-observação do próprio corpo em busca de novos sintomas ou alterações que possam indicar o aparecimento de uma nova doença. Muito frequentemente desacreditam os diagnósticos dos médicos. O hipocondriaco pode apresentar juntamente um quadro de ansiedade associado a um comportamento obsessivo-compulsivo. Segundo estatísticas e pesquisas feitas pelos maiores hospitais do Brasil, um grande número de pessoas saudáveis, vistos os aspectos clinico e laboratorial, procuram diariamente consultorios médicos, hospitais e pronto-socorros, sempre alegando doenças graves e muitos sintomas. O paciente hipocondriaco difere daquele que sofre da sindrome de Munchausen, pois enquanto este acredita que tem uma doença grave e supervaloriza e procura sintomas de doenças aquele que sofre da sindrome de Munchausen simula premeditadamente os sintomas para parecer doente.

Hipocondria

Hipocondria

Diagnóstico

O hipocondríaco normalmente percorre consultórios médicos de todas as especialidades, em busca do médico que vai confirmar o seu próprio diagnósitco. Ele valoriza sobremaneira sintomas que para outra pessoa qualquer passariam desapercebidos. O diagnóstico do transtorno é dado quando esse conjunto de fatores persistir por mais de 6 meses, em que o paciente passa a levar sua vida em função da crença da doença, afetando sua qualidade de vida.

Sintomas Hipocondria

Sintomas Hipocondria

Causas

As causas desse transtorno são muito variadas, mas basicamente referem baixa auto-estima e insegurança. A doença pode ser desencadeada por um susto ou trauma e por fatores emocionais como ansiedade e carência. O ambiente em que a pessoa está inserida também tem uma influencia muito grande nesse processo. Dentre as emoções e pensamentos dessas pessoas um sentimento padrão: o medo que eles tem de realmente ficar doentes.

Tratametno Hipocondria

Tratametno Hipocondria

Riscos

A auto-medicação é um dos maiores riscos a que o hipocrondriaco está sujeito. Com sua atenção centrada no próprio corpo e nas suas possiveis alterações comumente o hipocondriaco conhece a indicação de uma gama variada de remédios, que usa para aliviar seus sintomas, podendo tomar medicamentos o tempo todo para tratar os sintomas e muitas vezes para evitar de sentir os sintomas que acredita que podem surgir.

Hipocondria

Hipocondria

Tratamento

Segundo os especialistas a evolução da hipocondria é cronica e muito desgastante, com episódios intercalados de meses ou anos seguidos por períodos de calma. Normalmente os episódios estão relacionados aos fatores de natureza social e emocional que afetam sua vida. O tratamento desse paciente deve iniciar eliminado qualquer possibilidade de existir uma doença real que de sentido aos sintomas, podendo ser tratado com psiquiatras. Também deve ser avaliada a existência de alguma doença de ordem psiquiátrica associada, como alguma doença depressiva ou outra, que deve ser tratada se existir. O tratamento psicológico pode ser em grupo ou individual, e o apoio familiar é muito importante para o reestabelecimento do paciente. A cura acontecerá quando o paciente tiver condições de perceber seus conflitos internos que desencadeiam os sintomas.

10 comentários

  1. Que doençao orrivél, estamos fazendo varios trabalhos
    de doenças, em minha escola,na materia de português
    e eu fiquei com a partede pesquisa sobre as causas
    e tratamentos para a HIPOCONDRIA!!!

  2. Esta doença é muito mais séria que eu pensava e ter paciencia ao lado de um Hipocondriaco é quase impossivel,tenho uma irmã que ninguem suporta ficar perto dela,todo dia aparece uma nova dôr,uma coisa nova e ela tenta chamar a atenção de todos para ela,o interessante que a pessoa não houve conselhos,apenas ouve aquelas que querem ouvir e discutir sobre o “Problema”dela,coisa que não existe,mas na cabeça dela sim

  3. é uma doença serissima nunca quero ter essa doença

  4. maria elielza pereira

    descobri que tenho uma irma hipocondriaca que mora em sao paulo,gostaria muito que um neuro psiquiatrico a ajudasse ja que ela nao tem condicoes financeiras, sofri muito com a sua visita na minha casa em pernambuco, e a unica IRMA que tenho e gostaria muito de poder fazer algo por ela,voce que e neuro ajude-me a ajudar minha irma, que deus vai lhe abencoar cada dia mais em sua vida. pelo amor de deus e ao proximo ajude minha irma e familia, pois a mesma nao tem qualidade de vida junto a sua familia.

  5. eu acho que tenho essa doença é horrível,começou quando fiquei mal do estomago,ai fiquei sem comer achando que tava com alguma doença ,por falta de comida ficava enjoada e com as fezes mole ai,fiz a besteira de olhar na internet os sintomas,na hora apareceu hiv,leucemia,cancer e outras doenças horríveis.Ai me desesperei mesmo sabendo que não tinha relação de risco e que eu tinha feito um exame de 4 meses atras de hiv,sifilis e hepatite que deram não reagentes.minha mente não conseguia parar de pensar nisso.Comecei a procurar caroço embaixo da axila ,perdia o sono,sentia vontade de morrer ou ficar doente .Fui na medica e ela olhou a manchinha vermelha que aparecia e sumia e disse que era pequenos vazos que estouram que era normal por ser tão pequeno.MNesmo tdo mundo me falando que estav bem eu não consigo me convencer que estou bem de verdade hj fui fazer um hemograma por indicação da medica ela me disse que acha que não vai ocorrer nenhuma alteração e que esta fazendo pra passar m,ais segurança pra mim e que vai me encaminhar para psicóloga.Espero que de tudo certo não desejo isso pra ninguém é muito ruim ter essa sensação de medo,da vontade de fugir..lembrando que eu sempre fui uma pessoa brincalhona,dançava muito,tenho marido e uma familia que me trata bem,sempre trabalhei,tive uma vida normal mais de 1 mês pra cá estou vivendo esse pesadelo.se alguém puder me ajudar por favor comenta sua opinião obrigada!

  6. Passo por este drama há mais ou menos 05 anos, sintomas vem e vão. Tnho muito medo de contrair doenças venereas.Qd. tenho relação mesmo que protegida, fico arrumando situações hipoteticss.Vou a vários urulogistas faço exames e no final tudo fica bem.ATe me relacionar de novo.EStou recluso por este sofrimento.Apalpo meu pesocço para ver se tenho inguas ate ficarem doloridos.Agora estou tendo enjoos no estomago.Putz…a vida vira uma m.

  7. O problema e que devemos buscar alternativas, claro que um psiquiatra ajuda, mas a FE cura este mal e de uma vez por todas.
    Recomendo uma leitura diária da bíblia e no mínimo falar com Deus ao deitar e ao levantar apresentando sua situação e pode acreditar a cura vem por completo.

  8. Achei q era só eu, nas minhas fases cronicas cheguei a me apalpar no pescoço ir no medico mentir só p ele me examinar,tenho e trato gastrite imagine só a loucura todo dia acho q vai evoluir para uma doenca grave…ja cismei com a cor das fezes… Achei q tava c cancer d colon… Cismei com urina…gases….manchinha na pele…depois cismei com infarto… Fui varuas vezes dizend q tava tendo um avc….penso em fígado,visicula.. Próstata tudo…ISSO E UM INFERNO…JESUS TA ME AJUDANDO ACREDITEM. Meu email

  9. Tenho hipocondria há anos. Sei exatamente o que passam. Estou em um nível alto e vivo em função de me propor controle. Até um beijo no rosto é motivo pra me deixar com medo de ter contraído alguma doença, já achei que tinha câncer, AIDS, Herpes, elefantíase, dengue, cegueira e tudo que possam imaginar. Meu imaginário é grande! E me causa um sofrimento contínuo, viver desses pensamentos, um medo constante. Queria muito me estabelecer. Mas é mais forte… Tive épocas de ir a médicos quase toda semana. Fazendo exames que nem precisava, e sofria durante ao aguardar os resultados. É horrível!

  10. Tbm sou assim a pessoa me conta q tem um problema ja pego p mim é orrivel d mais .eu acho q tenho tudo,sinto tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>