Herpes

A herpes conhecida na cultura popular por “beijo de aranha” ou “cobreiro”, é uma doença viral e recorrente, quer dizer, ela aparece, cumpre seu ciclo, desaparece e volta aparecer depois de um tempo, normalmente quando a pessoa por algum motivo se encontra com a resistência baixa por alguma outra doença ou mesmo por motivos emocionais e stress. A herpes é geralmente benigna, e pode se localizar na boca ou na região genital, mas em alguns casos pode ter consequências neurológicas, é uma doença que afeta mulheres e homens.

Herpes

Herpes

Sendo uma doença viral infecciosa é altamente contagiosa, e apesar de aparentemente simples a doença não tem cura nem vacinação, a única forma de prevenção é evitar o contágio. A herpes é causada pelos vírus HSV1 e/ou HSV2, e de forma simplificada podemos dizer que os vírus se alojam nas células da pele e mucosas e nas células do sistema nervoso. Na pele e nas mucosas eles causam lesões, enquanto que nas células do sistema nervoso eles aparentemente ficam alojados por toda a vida do individuo, ali eles não causam lesões somente entram em ação por fatores que de alguma forma debilitam o homem, como febre, traumatismos, problemas de saúde, exposição ao sol, período menstrual, stress, uso de algumas medicações e outras situações que diminuam a resistência do organismo humano.

O virus da herpes é adquirido pelo contato direto entre as pessoas, mesmo que a lesão não esteja ativa, de forma que é muito dificil evitar o contágio, pois se estivermos com a resistencia baixa por qualquer motivo elencado ou outro qualquer e tivermos algum contato com alguem portador do virus possivelmente no periodo de 2 semanas, periodo de incubação, apresentaremos as primeiras lesões, que nos acompanharão depois por toda a vida. Estima-se que 90% da população do mundo já tiveram ou ainda terão contato com o virus HSV1 (herpes labial) e 20% com o virus HSV2 (herpes genital). A HSV1 é comum também entre crianças, enquanto a HSV2 ó contagio é predominantemente entre adultos, uma vez que o contágio é principalmente através de relações sexuais, tratando-se de uma DST também. No caso de mulheres gravidas que apresentem herpes a cessariana é altamente recomendada, pois o virus da herpes no bebê recem nascido pode trazer lesões neurológicas graves, sendo necessário encaminar para o neurologista avaliar a criança logo.

Herpes Zoster

Herpes Zoster

Além dessas duas formas de herpes que são bastantes comuns, existe ainda a herpes zoster, que diferentemente das outras duas manifestações não é recorrente, apenas 5% dos pacientes voltam a apresentar a doença, e seu contágio é muito difícil, assim ela é considerada uma doença decorrente do vírus da varicela, que em latência do organismo, se manifesta em adultos com a imunidade bastante comprometida por outras doenças ou problemas somáticos, é mais comum em idosos, pacientes acamados, portadores de AIDS e outros quadros. A herpes zoster traz muita dor e mal estar e pode se espalhar em regiões do corpo e o paciente deve procurar o médico que fará uma avaliação e também prescreverá o tratamento adequado, para uma melhor qualidade de vida.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário