Hepatite C Tem Cura?

A Hepatite C se define por ser uma ação infecciosa ocasionada no fígado através de um vírus. Na maior parte dos casos essa doenças não tem cura, somente controle. Sendo que com o passar do tempo essa variação da Hepatite pode ocasionar males contínuos no fígado como o câncer ou a cirrose ou, ainda, danos totais no órgão.

Hepatite C Tem Cura?

Hepatite C Tem Cura?

Existem pessoas que portam o vírus durante décadas sem ter o conhecimento de que estão contaminadas. Viver dessa maneira é um fato de muito risco, porque a maioria só constata ter a doença quando o órgão já está gravemente danificado.  Doentes que detectam a doença em pouco tempo de convivência com o vírus têm a chance de se restabelecerem com o devido tratamento, esse caso é chamado de hepatite aguda. Porém a maior parte das pessoas portadoras do vírus Hepatite C ficam com o vírus por muito tempo, de maneira crônica.

Mesmo essa sendo uma doença de gravidade notável, existe sim a possibilidade de se conviver com ela sem maiores mudanças na rotina do infectado. Estima se que haja cerca de duzentos milhões de pessoas portadoras do vírus no planeta. O Brasil abriga mais de três milhões desses infectados.

Quais São Os Sintomas Da Doença?

Do mesmo modo que a hepatite B, a hepatite C se apresenta de duas formas também. A maneira aguda, a qual consiste numa infecção manifestada assim que o vírus contamina o corpo do doente, e da maneira crônica, em que o paciente convive com o vírus por pelo menos seis meses. O maior número dos infectados pela hepatite C estão contaminados maneira crônica da doença. Visto que os infectados não demonstram os sintomas, é bem normal que as pessoas que portem a doença estejam com idade entre quinze e vinte anos e nem saibam do fato. O mais comum é diagnosticar a doença em exames de rotina ou ao doarem sangue por exemplo.

Quais São Os Sintomas Da Doença?

Quais São Os Sintomas Da Doença?

Os sintomas mais comuns são as fortes dores de estômago, cansaço excessivo, dores nas articulações, coceira, dores na musculatura de todo o corpo, urina escurecida e pele e olhos amarelados.

Essa doença atinge o fígado aos poucos. Em torno de um quarto dos infectados pela hepatite C do tipo crônica evoluem para danos sérios nesse órgão como a cirrose hepática por exemplo. A cirrose motivada pela hepatite C pode ser diagnosticada pelo avermelhamento das palmas das mãos, como conseqüência da dilatação dos vasos sanguíneos. Outro sintoma conseqüente dessa dilatação, são vasinhos aparentes na pele do rosto, do colo e dos ombros principalmente. As pernas, os pés é o estômago ficam inchados. Nos casos mais evoluídos da doença, pode ocorrer a encefalopatia, que é o distúrbio mental e a perda de concentração causados por danos ocasionados no sistema nervoso e no cérebro.

Como Saber Que Se Tem a Doença?

Normalmente se descobre a doença fazendo exames de sangue que demonstram níveis muito altos de enzimas geradas pelo fígado e, também, se a pessoa possui ou não os anticorpos combatentes do vírus da hepatite C. Caso o exame confirme a existência do vírus no paciente, deverá ser feita uma biópsia do fígado do doente a fim de se certificar da existência de possíveis danos e cicatrizes no órgão.

Como é Feito o Tratamento?

Os tratamentos dessa doença são demorados, penosos e de alto custo. É possível somente controlar a doença, e não curar o doente. Caso a lesão no órgão seja bem pequena, remédios serão descartados no tratamento. Uma das melhoras atitudes para se conviver com a doença sem maiores problemas é praticar exercícios físicos regularmente, alimentar se de modo saudável e afastar se completamente de drogas e bebidas alcoólicas.

O Que Acontece Com o Corpo Do Doente Na Fase Aguda?

Como dito anteriormente, a maior parte das pessoas não apresenta sintomas logo quando são infectadas pelo vírus. Devido a esse fato, a maioria nem faz idéia de que possa estar doente. Sendo que, ainda, alguns dos sintomas podem ser o diagnóstico de uma simples gripe. O sintoma que mais caracteriza a doença, em todas as variações (A, B ou C) é apresentar icterícia, o que significa ter as mucosas do corpo amareladas.

O Que Acontece Com o Corpo Do Doente Na Fase Crônica?

Caso a doença permaneça sem que se tome noção da existência dela por pelo menos seis meses, o doente terá entrado na fase crônica da hepatite C. O fígado fica inflamado nessa fase da doença, a qual pode coexistir com o doente por longos anos sem que haja total controle da hepatite C. Os danos no fígado vão variar em função do estilo de vida o doente e da disposição em controlar a doença que o paciente possa ter.

Como Acontece o Contagio Da Hepatite C?

Apesar de ter sintomas parecidos com uma simples gripe, a hepatite C não é transmitida pelo simples toque de corpos, como por exemplo abraços, espirros, tosse ou beijos ou, ainda, através do compartilhamento de objetos pessoais, como talheres e toalhas.

A contaminação acontece quando o sangue de uma pessoa doente entra em contato com o sangue de uma pessoa saudável. O modo mais comum de contaminação acontece pelo compartilhamento de seringas e agulhas usados no uso de drogas injetáveis. Transfusões de sangue e cirurgias de transplante de órgãos também são maneiras de ocorrer o contágio. Porém, faz muitos anos que o sangue de qualquer doador de órgãos é testado a fim de se verificar a possível existência do vírus. E, por fim, muito raramente a doença é transmitida em partos quando a mãe é uma portadora do vírus.

Link Interessante:

Para se informar sobre como doentes contaminados pela hepatite C vivem e que experiências divulgam para quem quiser se informar mais sobre a realidade da doença no Brasil, existe um site sobre o assunto com muitas outras informações importantes de saber, como todas as formas de tratamento existentes por exemplo. Acesse o site abaixo e entre no universo de pessoas que lutam contra a hepatite C no dia a dia seja pelo fato de serem portadoras ou seja pelo fato de serem pesquisadores que buscam a cura da doença. http://hepatite.org.br/

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário