Doenças Sexualmente Transmitidas

Doenças Sexualmente Transmitidas – DST, é a denominação das doenças infecto-contagiosas, que até algum tempo eram conhecidas como doenças venéreas. As doenças sexualmente transmitidas tem sido um exaustivo campo de pesquisa para cientistas do mundo inteiro, pois muitas dessas doenças tem se alastrado de forma muito rápida entre um publico cada vez maior e mais abrangente, mesmo com os grandes avanços da tecnologia atual. A atividade sexual tem começado cada vez mais cedo para os jovens, muitos deles sem as informações básicas necessárias e sem o conhecimento de seus familiares, que na maioria das vezes não imagina que sua filha ou filho de 12, 13 anos já esta tendo relações sexuais, é como uma moda jovem atualmente.

Doenças Sexualmente Transmitidas

Doenças Sexualmente Transmitidas

Além dos jovens começarem a vida sexual mais cedo o extremo também acontece, com a melhora da qualidade de vida é cada vez maior o numero de homens e mulheres que recomeçam uma vida sexual ativa depois de entrarem na 3ª idade. Tem se tornado comum idosos namorarem, ficarem e terem relações sexuais com parceiros diferentes, e assim passam a se tornar também um grupo de risco para as doenças sexualmente transmitidas, pois muitos acreditam que estão imunes a essas doenças em virtude da idade dos parceiros.

Prevenção Doenças Sexualmente Transmitidas

Prevenção Doenças Sexualmente Transmitidas

Com essas mudanças no comportamento sexual da população a faixa de risco de contagio das doenças sexualmente transmitidas foi bastante ampliada, o que preocupa a comunidade médica, pois algumas DST são bastante graves podendo levar a morte e trazer seqüelas muito sérias inclusive nos seus descendentes. As pesquisas avançam e os governos investem em projetos de pesquisa e tecnologia buscando a cura de muitas dessas doenças como a AIDS, que apesar de poder ser mantida sobre controle durante muitos anos, ainda não tem cura, levando a morte milhares de pessoas todos os anos.

As doenças sexualmente transmitidas, como o próprio nome diz, são transmitidas essencialmente pelo contato ou relação sexual, seja entre parceiros de sexos diferentes ou mesmo do mesmo sexo, eventualmente pode ocorrer outras formas de contagio, mas não são comuns. O uso de preservativos, a famosa “camisinha” ainda é apontado pelas autoridades em saúde como o método que confere maior segurança como preventivo, e hoje em dia é um item obrigatório para quem tem consciência da seriedade das DST. Casados, solteiros, todos devem usar camisinha, pois todos estão sujeitos a serem infectados.

Doenças Sexualmente Transmitidas

Doenças Sexualmente Transmitidas

Entretanto a camisinha é somente um paliativo, pois as doenças continuam se alastrando, muito mais do que preservativo é necessário que as pessoas se preservem. Pais e professores precisam urgentemente conscientizar os jovens sobre a importância de cuidar e respeitar o próprio corpo, seja na escola ou em casa. Fazer sexo só porque está na moda ficar cedo não está com nada, sexo só é bom quando há amor e respeito, e é essa a mensagem de vida que jovens, adultos e velhos precisam aprender ou mesmo reaprender. A conscientização com certeza é a única solução eficaz para o controle das doenças sexualmente transmitidas.


Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário