Doenças de Pele

Dermatologia é a especialidade médica que cuida da investigação, diagnóstico e tratamento dos diferentes tipos de doenças de pele, além de prescrever e recomendar medidas preventivas. A pele recobre todo o corpo humano, sendo o seu maior órgão, e com funções muito importantes na manutenção da saúde e beleza humana.

Vitiligo

Vitiligo

Suas principais funções são a proteção contra ações externas e contra micro-organismos, tem a função de regular a temperatura do corpo, armazenamento de gorduras com reserva de nutrientes e produção de vitamina D. Além disso, a pele é um órgão sensorial, responsável pelo tato, é através dos sensores da pele que percebemos o frio e o quente e podemos nos proteger. 15% do peso do nosso corpo é constituído pela pele,  que tem três camadas: epiderme, derme e hipoderme, sendo um órgão bem mais complexo do que nos parece.

Doença de Pele

Doença de Pele

Por se tratar de um órgão tão extenso, com tantas funções importantes e estando exposto a tantas agressões externas, é normal que a pele apresente uma série de doenças, que têm diferentes causas e que precisam de tratamento adequado. O maior vilão contra a pele são os raios ultravioletas, que causam uma série de problemas, que podem ir desde manchas até o desenvolvimento do câncer de pele. As doenças de pele mais comuns, e nem por isso menos graves, são: herpes, dermatites, psoríase, lúpus, acne, câncer de pele, eczemas, hanseníase, vitiligo, entre outras.

Confira abaixo algumas das doenças de pele mais comuns com informações a seu respeito.

Herpes

É uma doença viral, recorrente e contagiosa. Ocorrem lesões que se manifestam na região genital masculina e feminina e na mucosa da boca. A herpes ainda não tem cura e normalmente é benigna, no entanto, em alguns casos, podem ocorrer complicações neurológicas. O vírus fica no corpo da pessoa por toda a sua vida e quando baixa a imunidade ele se manifesta.

Dermatites

Existem diversos tipos de dermatites, a mais comum é a dermatite de contato, que se trata da reação alérgica da pele ao contato de algum elemento ou substância. Pode ocorrer edema, vermelhidão, descamação, coceira, bolhas com inflamação, rachaduras. Pode acontecer em qualquer parte do corpo e ser desencadeada a qualquer tempo.

Psoríase

A psoríase é uma doença de pele genética e não contagiosa. Caracteriza-se pelas manchas vermelhas que aparecem pelo corpo, com intensa descamação. As manchas podem ser pequenas e passar despercebidas ou ainda podem ser grandes e afetar partes extensas do corpo. Os locais mais comuns para o aparecimentos das placas são os joelhos, couro cabeludo, cotovelos e o dorso. A psoríase causa inflamação na pele que fica vermelha. O tipo de tratamento depende do estágio da doença, que pode ser tratada, mas não tem cura.

Lupus

Lúpus eritematoso é uma doença de pele bastante rara, que atinge principalmente mulheres entre 20 e 40 anos. Consiste em manchas vermelhas que se instalam, principalmente, nos locais que ficam expostos ao sol como rosto, colo, braços e também couro cabeludo. O local inflama, tem escamações e aumenta de tamanho, deixando cicatrizes. O lupus é uma doença de pele que não tem cura, e acontece por um descontrole do sistema imunológico da pessoa. O dermatologista deve indicar o tratamento adequado que deve ser seguido rigorosamente, do contrário pode haver o comprometimento de órgãos vitais do organismo.

Acne

A acne é uma doença da pele causada pela produção elevada de secreção pelas glândulas sebáceas que provoca a inflamação dos poros da pele, causando o aparecimento de espinhas, pontos escuros e bolhas. Podem acontecer em qualquer idade, contudo são mais frequentes na adolescência, quando começa a aumentar a produção de hormônios sexuais. As espinhas ou bolhas nunca devem ser espremidas, e, normalmente, uma higiene adequada com boa limpeza da pele várias vezes ao dia resolve o problema, do contrário o paciente deve procurar um dermatologista.

Câncer de Pele

O câncer de pele é o tipo de câncer mais comum em pessoas de pele branca, e 90% dos casos é atribuído à exposição excessiva ao sol. São 3 as espécies do câncer de pele mais comum, o carcinoma baso-celular, que é o tipo mais comum e afeta principalmente pessoas claras que se expõe com regularidade ao sol, como agricultores, pescadores, operários, etc. Surge normalmente depois dos 40 anos no rosto, pescoço ou colo, como um nódulo ou uma ferida que não apresenta cura. Não esqueça que o tratamento no início é seguro, simples e com alta probabilidade de cura.

Outra espécie também comum é o carcinoma espinocelular, atinge o mesmo grupo, mas normalmente aparece em idade mais avançada. Surge normalmente sobre cicatrizes de queimaduras, queratoses, fistulas e outras. É um tipo de câncer de pele mais agressivo que o primeiro, se desenvolve mais rapidamente, aparece como um nódulo que pode sangrar com facilidade. Diagnosticado precocemente tem elevadas chances de cura, se não tratado pode desenvolver metástases em outros órgãos distantes.

O último tipo é o temido melanoma, o tipo de câncer de pele mais agressivo e perigoso para o homem. Acontece geralmente em grupos mais jovens e parece estar relacionado à exposição esporádica ao sol e queimaduras solares. Pode aparecer sobre a pele limpa, sem sinais ou cicatrizes e em qualquer local do corpo, seu aspecto é variável e pode ser uma mancha ou sinal. O tratamento é cirúrgico, e quando é feito na fase inicial, em que o tumor tem uma espessura fina, as chances de cura são boas, no entanto, quando o tumor já está mais grosso a chances são muito reduzidas, além da possibilidade de metástases em outros órgãos.

Eczemas

Eczemas são lesões na pele que podem ter causas diversas. Começam com um vermelhão no local afetado que logo fica inchado para depois ocorrer o aparecimento de pequenas vesículas com infecção e acúmulo de líquido. Pode haver a formação de uma crosta, o local fica dolorido e com coceira. As causas podem ser desde origem interna até estresse, menstruação, e as crianças também podem apresentar esse problema. Se o problema não for resolvido com uma pomadinha apropriada deve-se procurar um dermatologista.

Hanseníase

Hanseníase ou lepra é uma doença infecciosa e contagiosa que tem cura. Apesar de não ser fatal, a hanseníase é uma doença de pele grave, pois se não tratada pode causar deformações e a invalidez do paciente, além de ser altamente contagiosa pelas vias respiratórias. Os principais sintomas da hanseníase são a falta de sensibilidade em determinadas áreas do corpo e o surgimento de manchas que começam a ficar vermelhas. Com o tempo, há o comprometimento dos nervos. A Hanseníase é a doença mais antiga que se tem noticias no mundo, e em alguns lugares ela é endêmica. Existem 3 tipos de hanseníase, mas apenas a minoria das pessoas expostas ao bacilo vão desenvolver a doença, que hoje é tratada com antibióticos e tem cura.

Vitiligo

O Vitiligo é uma doença que causa manchas brancas na pele das pessoas, especialmente nas mãos, braços, pés e rosto. Não é contagioso, não é hereditário, não tem nenhuma consequência conhecida e também não se sabem as causas. Vitiligo ainda não tem cura, existindo diversos tratamentos para amenizar as manchas. Essa doença aparece mais comumente entre 10 e 15 anos e depois entre os 20 e 40, destruindo as células responsáveis pela pigmentação da pele. A doença também não está associada a nenhuma outra doença de pele.

Em todos os casos de doenças de pele, é importante procurar o dermatologista, sem esquecer que a pele é um importante órgão do corpo humano. E especialmente tomar muito cuidado com as exposições ao sol, usar filtro solar sempre, e evitar os horários prejudiciais à saúde.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário