AVC

AVC é a sigla de Acidente Vascular Cerebral, a segunda maior causa de mortes no Brasil, resulta da redução ou do comprometimento da irrigação sanguínea do coração para o cérebro, o que causa danos ou lesão cerebral, podendo deixar o paciente com diversas seqüelas, muitas delas incapacitantes. Apesar dos avanços da tecnologia na área médica não existe ainda tratamento eficaz para este problema.

AVC

AVC

O AVC é uma manifestação patológica súbita que tem origem arterial, podendo ser um AVC isquêmico ou hemorrágico. Quando a irrigação sanguínea do cérebro fica comprometida, diminui ou é interrompida acontece o AVC, se a artéria se rompe e há sangramento, o sangue se espalha no cérebro e acontece que se chama AVC hemorrágico, que são os casos mais graves, com maior incidência de óbito, quando a irrigação sanguínea diminui ou é interrompido mas a veia não se rompe o AVC é isquêmico ou a doença que conhecemos como isquemia. Em qualquer dos casos há lesões no cérebro que podem ser de diferentes dimensões, com diferentes conseqüências, causando alterações neurológicas, que podem ser motoras, sensitivas, na linguagem, mental, pode haver problemas de memória, enfim, as conseqüências do AVC são muito variadas em cada paciente acometido desse mal, dependendo especialmente do local do cérebro onde ocorre a lesão e da extensão do cérebro que foi atingida, podendo causar paralisia cerebral.

Acidente Vascular Cerebral Isquemica

Acidente Vascular Cerebral Isquemica

Algumas pesquisas cientificas da área saúde comprovam que o AVC é um dos maiores fatores de risco de incapacidade na velhice, somente 20% dos casos de acidente vascular cerebral atingem pacientes com menos de 65 anos, e na faixa etária menor atinge muito mais as pessoas de raça negra. Os fatores de maior risco para o AVC são na ordem a idade, e os problemas de saúde como coração, incidência de diabete mellitus, aterosclerose, indivíduos com história familiar da patologia, raça, uso de anticoncepcionais, hipertensão arterial, pacientes sedentários, alcoolismo, colesterol e questões genéticas.

AVC Hemorragica

AVC Hemorragica

Os sintomas do AVC são diferentes de acordo com os fatores que ocasionam a patologia, mas os mais importantes são a fraqueza de braço, perna ou da face de forma individual ou em conjunto. Essa fraqueza pode ser acompanhada de outros sintomas como disturbios visuais, que geralmente acometem apenas um olho, assim como a perda de sensibilidade, a dormencia de algum membro que pode ser confundida com a fraqueza e também as alterações da fala que são muito comuns em pacientes em processo de AVC. Em casos de AVC hemorrágico pode acontecer também convulsões. O diagnóstico médico é feito com exames fisicos associados a história pregressa do paciente, entretanto os sintomas citados acima, mesmo sem nenhum fator de risco associado podem sugerir o acidente vascular cerebral, e os agentes de saúde devem estar preparados para reconhecer os sintomas principais do AVC, podendo desta forma auxiliar no tratamento de urgencia e emergencia.


Categoria(s) do artigo:
Doenças

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário