Origem das Frutas e Verduras

A origem das frutas e verduras se relacionam com o surgimento no globo terrestre das plantas que originam os produtos e matérias primas da natureza. Nesse sentido não se sabe ao certo quando surgiu, mas o conhecimento está focado no sentido de compreender as propriedades e benefícios que surgem para a saúde.

Origem das Frutas e Verduras

Origem das Frutas e Verduras

 

Em termos práticos os frutos apenas poder ser originados depois que acontece a derivação provinda das flores, de forma principal entre os efeitos que se deriva do ovário. Apenas pode acontecer o procedimento quando os óvulos da parte interna iniciam o processo que ambiciona fecundar. Acontece o ato de crescer quando o ovário começa o trabalho que de forma prática acompanha modificações que se concentram na parte interior e exterior dos tecidos.

Esse tipo de modificação acontece de forma principal por causa do trabalho relacionado com as práticas dos hormônios vegetais. Não se pode ignorar o fato de que esse tipo de itinerário interfere de modo prático com as condições que existem na estrutura, bem como ao nível de consistência na estrutura em si. Interessante notar que não apenas o sabor como também a cor são aspectos que se relacionam no sentido de originar o fruto.

Vale ressaltar que os furtos ficam fechados e se estabelecem na parte superior das sementes. Especialistas indicam que esse tipo de processo acontece até o momento em que acontecer a maturação, período no qual existe a possibilidade de retirar a fruta, de forma principal ao levar em conta as sementes que germinam e por consequência fazem com que aconteça o amadurecimento dos frutos.

Especialistas que discutem o fato em fóruns de notícias que se concentram a discutir esse tipo de assunto os frutos podem abrir durante o processo de produção e por consequência fazer a liberação de sementes na parte do solo. Em termos práticos esse fato acontecia na antiguidade, quando as plantas surgiram antes do que os homens. Apenas dessa maneira surgia verdadeiro boom no qual as plantas que geram frutos monopolizavam o ambiente e eram consumidas por animais.

Um ponto a se considerar de forma positiva está no fato dos animais se alimentarem e por consequência fazerem a eliminação das sementes com o ato de fecundar, na sequência de ultrapassar ao aparelho digestivo. De qualquer maneira os autênticos frutos são originados por causa dos fatos e trabalhos que acontece no ovário da planta, ou a mãe geradora da fruta.

Há especialistas que indicam de forma prática existir os primeiros registros em termos de fósseis no que tange às folhas carpelares, visto que nos tipos em si existe a capacidade de encontrar gimnospermas. Por outro lado quando se fecham às sementes acontece formação de folículos.

No que tange a origem de frutas que possuem espécies simples acontece estrutura semelhantes no que tange à estrutura semelhante e com características foliculares. Quando os carpelos estão unidos acontece à formação do tipo comum repleta de carpelos que trabalha para se unir. Os frutos trabalham no senti de proteger as sementes que se desenvolvem, conforme indica parte dos especialistas.

Verduras e Natureza

Os legumes são vegetais cuja cor predominante é verde. No entanto, o uso popular tende a estender o seu significado para outras partes comestíveis de plantas, como folhas, caules e inflorescências. O termo não é científico ou botânico, no caso de um nome popular com um significado que varia de uma cultura para outra e, por vezes, pode ser sinônimo de legumes ou o equivalente a plantar e não ter um sabor doce ou azedo da fruta. Essenciais para a nossa saúde por causa das vitaminas e antioxidantes nos protegem de doenças. Representam parte importante de estratégias saudáveis de dieta. Também são um dos elementos mais característicos da dieta mediterrânica.

Vitamina A está ligada a amarelo ou vermelho, e vitamina C para folhas verdes. O marketing tem sido realizado desde a época dos mercados antigos, nas grandes ruas, praças e locais públicos. Onde expostos a venda dos diferentes produtores e agricultores em uma região. Empresas de exposição eram geralmente familiares. Nestes casos, a venda de vegetais era muito sujeita à mesma sazonalidade, condições climáticas, técnicas de cultivo, etc. Estava disponível apenas para vender o que foi possível colher e recolher em cada temporada. Os mercados de vegetais são frequentemente encontrados nas proximidades de igrejas e lugares de passagem.

Hoje nas grandes cidades é comum para comprar verduras em supermercados, lojas de departamento e mercados. De fato, lojas de frutas ou especializadas na venda de legumes são cada vez mais escassos, continuando seu trabalho em algumas cidades. Os vegetais ficam dentro de uma propriedade estabelecida em caixas numeradas e identificadas corretamente. Normalmente vendido em uma espécie de serviço em que o cliente escolhe a quantidade de mercadoria com luva de plástico e, em seguida, o peso e a atribuição de um código de vendas.

Presença das Cores dos Vegetais e Verduras

A cor dos vegetais indica o teor de uma substância característica, é usual que o predominante verde esteja presenta devido à presença de um pigmento verde natural, chamado clorofila, que pode ser vista facilmente afetado pelo PH das substâncias da planta e, portanto, pode variar a cor verde-azeitona revela meio ácido para o verde brilhante dos meios alcalinos. (Isto é o que acontece ao cozinhar ervilhas e feijão verde com um pouco de bicarbonato para que sejam alcançadas cores mais vivas). Alguns dos ácidos presentes nos vegetais são libertados durante a cozedura, especialmente se preparados sem a tampa.

Outras cores são observadas como amarelo / laranja frutas ou vegetais, devido à presença de carotenoides, que são igualmente afetadas por processos ou mudanças de PH ao cozinhar. O vermelho / azul de algumas frutas e legumes (tais como amoras e beterraba) são devido à presença de um produto químico natural chamado antocianina, sensíveis às mudanças no PH ao pigmento natural. Quando o PH é neutro, os pigmentos são roxos, ao chegar ao ácido, fica vermelho e ao atingir uma alcalina, tem valor azul. Estes pigmentos são solúveis em água.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Culinária

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário