Anel De Fogo Do Pacífico

O Que é o Anel De Fogo Do Pacífico?

O Anel de Fogo do Pacífico é também chamado de Círculo de Fogo do Pacífico ou somente de Anel de Fogo. Trata-se de uma área que possui uma grande instabilidade geológica e que está localizada no Oceano Pacífico. A área abrange o Leste da Ásia e da Oceania e também o Oeste das Américas.

O formato do Anel de Fogo lembra um cinturão incompleto, algo como uma ferradura ou então um semicírculo. A extensão do círculo é de 40 mil km e é constituído quase que totalmente por cadeias ou cordilheiras de montanhas, arcos de ilhas vulcânicas e fossas oceânicas que são vales profundos.

O Que é o Anel De Fogo Do Pacífico?

O Que é o Anel De Fogo Do Pacífico?

Faixa De Vulcões Do Anel De Fogo Do Pacífico

Basicamente o Anel de Fogo do Pacífico é uma faixa de vulcões que está em torno no oceano Pacífico. O anel é chamado de fogo pelo fato de que quase sempre entram em erupção com explosões de fogo. A região tem uma grande incidência de terremotos. Essa faixa de vulcões sobe pela costa oeste das Américas como um todo.

A faixa de vulcões começa no Chile na América do Sul e vai até as ilhas Aleutas, no Alasca, na América do Norte. Do Alasca a faixa passa para a Ásia e se estende por todo o litoral da Sibéria, na Rússia, e pelo Japão. O anel então desce para o sul passando pelas ilhas da Ásia Oriental como a Indonésia e as Filipinas. Passa ainda pela Oceania, a oeste e ao sul, da Nova Guiné para culminar na Nova Zelândia.

Faixa De Vulcões Do Anel De Fogo Do Pacífico

Faixa De Vulcões Do Anel De Fogo Do Pacífico

Terremotos e o Anel

A importância do Anel de Fogo é o fato de que essa zona de instabilidade é a responsável por grande parte dos terremotos que acontecem na superfície da Terra. A sua formação é o resultado do atrito e do movimento que é feito entre as várias placas tectônicas.

As placas na região do Oceano Atlântico se distanciam já na costa dos continentes americanos e asiático elas colidem o que acarreta em modificações do relevo e assim causa os abalos sísmicos e com isso a proliferação dos vulcões. Basicamente esses processos tectônicos que são responsáveis pela origem do Anel de Fogo do Pacífico são os responsáveis por aproximadamente 90% de todos os terremotos que já aconteceram na Terra.

Nessa extensa lista de terremotos que foram causados pelo Anel de Fogo está o do Chile que aconteceu na década de 1960 e que atingiu 9 na Escala Richter que lembramos vai de 1 a 10, ou seja, um terremoto que realmente foi intenso e devastador.

Tsunamis e o Anel

Existem ainda um outro fenômeno bastante preocupante que é associado ao Anel de Fogo que são os tsunamis dentre os quais está aquele de 2004 na costa da Indonésia, Sri Lanka, Índia, Tailândia e outros países. Não podemos ainda deixar de citar ainda que o Anel de Fogo tem ligação com o tsunami que vitimou o Japão em 2011 e que causou um grande desastre quando atingiu a usina nuclear de Fukushima.

Influência Em Fenômenos Climáticos

O Anel de Fogo também tem influência sobre o clima, isso porque os vulcões que existem no Pacífico a oeste do continente americano quando somados a outros fatores resultam no aquecimento das águas do oceano na área próxima ao Peru. Isso resulta em verdadeiras anomalias climáticas que acontecem em ciclos. Podemos exemplificar com as anomalias de curto prazo que são o El Niño e La Niña e também com as anomalias de longo prazo como, por exemplo, a Oscilação Decadal do Pacífico.

Prevendo Tsunamis e Terremotos

Os geólogos compreendem que estar a par dos processos responsáveis pela formação bem como pelas características constitutivas do Anel de Fogo é essencial para conseguir ter algum tipo de ferramenta de previsão de terremotos e tsunamis. Assim é mais fácil conseguir atenuar os efeitos desses fenômenos.

Placa Do Pacífico

A localização do Anel de Fogo é rodeando as beiradas da placa do Pacífico que é gigantesca. Essa é uma das placas que formam a camada rochosa que fica externa a Terra e que se movimentam em velocidades e direções diferentes. Basicamente essas placas encontram-se estendidas abaixo dos oceanos e dos continentes. A colisão da placa do Pacífico com as placas vizinhas ocasiona os terremotos e por isso os vulcões entram em erupção.

Cinturões Gelados

Uma área de fratura ao longo das placas tectônicas é chamada de cinturão gelado, o Cinturão de Fogo do Pacífico (Anel de Fogo) é a área de fratura mais famosa. Isso se deve não somente ao fato de sua extensão desde a  península de Kamchatka e as ilhas do Japão até as Filipinas, passando pelo oeste do continente americano, mas também a sua relevância nos fenômenos climáticos como um todo.

O vulcanismo que marca essa área é resultante do mergulho de uma placa sobre a outra o que acarreta na formação dos arcos de ilhas que tem vulcões com um forma mais cônico e explosivos. A região possui a maior concentração de vulcões conhecida, o clima é o tropical.

Círculo De Fogo – O Filme

Uma curiosidade é que o Anel de Fogo desperta tanto interesse e mistério que serviu de base para a criação de um filme de ação em que os inimigos dos humanos não vieram do espaço, como se esperava, mas sim do fundo do oceano. O filme que se chama Pacific Rim (Círculo de Fogo) conta a história da imersão dessas criaturas chamadas Kaiju exatamente do Anel de Fogo do Pacífico. O nome do filme foi dado por ser o nome da região.

Mesmo não tendo empolgado muito os expectadores o filme apresenta uma visão interessante a respeito dessa região que é tão perigosa e que ainda guarda um certo mistério.

A Importância Do Anel De Fogo Do Pacífico

O Anel de Fogo é responsável por grande parte das atividades vulcânicas no mundo todo e compreender a forma como se dão esses processos é essencial para tentar desenvolver algum método que seja capaz de prever a formação de um terremoto ou mesmo de um tsunami.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Natureza

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário