Dicas Para Ser Um Bom Revendedor: Softwares e Domínios De Sites

Como competir com outros revendedores que estão vendendo o mesmo produto por preços exatos para o mercado? Na verdade é mais fácil do que você imagina! Hoje em dia o trabalho com revenda pode ser boa saída para quem não consegue encontrar emprego com carteira assinada dentro da respectiva área profissional.

Dicas Para Ser Um Bom Revendedor: Softwares e Domínios De Sites

Dicas Para Ser Um Bom Revendedor: Softwares e Domínios De Sites

Revendedores De Softwares

Pequenos revendedores de software podem se torna força de vendas estendida para pequena empresa de software. A construção da força de vendas e revendedores requerem esforços, atenção e comunicação regular, mas os benefícios podem ser significativos. Conheça algumas dicas para brilhar neste campo de atuação!

  1. Suporte exige menos técnicas – Revendedores tendem a tornar-se familiarizados com as linhas de produtos que representam. Por causa do conhecimento extenso do produto eles tendem a necessitar de apoio menor no aspecto técnico.
  2. Revendedores pode fornecer suporte de primeiro nível para os produtos que representam e ajudam a reduzir a sobrecarga de suporte para pequenas empresas de software. Neste sentido, o apreço pela área tecnológica representa ponto fundamental para estar acima da concorrência e conquistar maior nível de clientela fiel.
  3. Gerando múltiplas vendas – Ao fazer contato com cliente existe potencial para fazer vendas únicas. Com os revendedores, o contato único do revendedor pode resultar em vendas múltiplas. Revendedores querem representar e recomendar produtos que estão familiarizados e contam com a experiência como ponto a favor possuem listas de clientes certos.
  4. Penetrando no nicho de mercado – Revendedores possuem forte compreensão de segmentos de mercado específicos. Eles podem entender nuances ou complexidade do setor específico. Os clientes muitas vezes confiam no julgamento dos revendedores por causa da compreensão especializada. E, como resultado dessa confiança, os revendedores são muitas vezes capazes de auxiliar em nichos de mercado penetrantes.
  5. Descontos de Revendedores: Quem compra com profissionais de revendas espera pagar pelo menos preço reduzido do oferecido no mercado convencional. Tenha em mente que isso pode funcionar a favor. Um incentivo em desconto vai motivar revendedores para vender o software específico ao invés dos programas de empresas concorrentes. Preços devem ser estruturados de tal forma que se possa compartilhar a riqueza com os revendedores e ainda gerar um fluxo de receitas saudáveis. Muitas vezes, os fabricantes escalam os descontos com base no volume de vendas.  O revendedor estabelece certa média mensal antes de avançar ao nível superior de desconto. Em outras palavras, apenas porque o revendedor diz que vai vender volume X não significa que isso vai acontecer o mesmo. Os descontos são concedidos com base nos números e não nas projeções de vendas.
  6. Formação profissional – Considere que as grandes empresas oferecem treinamentos aos revendedores, quer a partir de vídeos da web ou com formação de classe estruturada. Revendedores que entendem a linha de produtos possuem maior tempo para vender o software. O treinamento representa investimento de tempo da empresa, ao passo que as mesmas demostram ser sérias sobre a representação do produto.
  7. Materiais promocionais – Os revendedores precisam receber todos os tipos de materiais promocionais e informações técnicas que são consideradas valiosas e necessárias para a preparação prévia às vendas.
  8. Comunicação – Manter a comunicação aprimorada e construir canal ativo com o revendedor representa ponto fundamental para aumentar as revendas. Tenha em mente de que comunicação representa via de mão dupla. Revendedores muitas vezes podem fornecer visão do produto e usos inovadores para o seu software. Convide os revendedores a participarem dos testes betas.
  9. Referências – Quem recebe pedidos de clientes necessita de assistência de instalação ativa e bem informada sobre a linha de produtos. Referências podem ser baseadas em volume de vendas ou localização geográfica. Representam incentivos a mais para os revendedores representarem o software de maneira ativa.
  10. Convite e Integração – O convite para trabalhar com desenvolvedores de software e arquitetos de sistemas para desenvolvimento conjunto do software outras aplicações representa técnica utilizada com frequência pelos empreendimentos que possuem maior visão no setor de revendas. Aplicações integradas resultam em relacionamentos de longo prazo e canais estratégicos de vendas. A construção de banco de dados com revendedores pode ser processo de trabalho demorado e intenso, sendo que nem todos os revendedores acabam sendo produtivos. Mas aqueles que são, muitas vezes, levantam números significativos de vendas.
Revendedores De Softwares

Revendedores De Softwares

Revendedor De Sites

Antes de comprar espaço na web para fins de revenda, existem alguns fatores que devem ser colocados em consideração. Por exemplo, se faz necessário fazer avaliação completa do mercado antes de avançar. Certifique sobre o mercado-alvo ideal e faça plano viável que lhe permitia chegar a essa demográfica particular.

Uma boa dica está na compra de domínios que possuem nomes de pessoas ou empresas famosas. A chance interessante está em aproveitar a brecha existente pelas novas empresas ou em consequência dos filhos das celebridades e personalidades que possuem chances consideráveis em manterem a fama e a marca dos pais nos futuro. Por exemplo, quem comprou domínios na web com o nome SASHA, assim que a filha da Xuxa nasceu, consegue fazer a revenda por milhões de reais.

Toque e Diferencial

A primeira dica para seguir está em definir o produto além da embalagem. Não se preocupe com o que os outros estão fazendo! Fazer sua própria coisa, naquela tática em que realmente acredita que funciona. Procure alterar o pacote para incluir os bônus que os outros não estão oferecem. Altere a carta de vendas. Faça oferta diferente da existente no mercado convencional.

http://www.youtube.com/watch?v=gTLnvjDN7nw

Concorrência De Revendedores

Após mudar as ofertas se faz necessário investigar o que a concorrência está fazendo no sentido de ampliar o nível de extensão mercadológica. Por exemplo, quem planeja o mercado usando o Google ADWORDS estabelece quais são as palavras-chave dos concorrentes (outros revendedores) que estão em licitação. Lance diferentes conjuntos de keywords caso o principal esteja congestionado na web. Tenha em mente de que a maioria de seus concorrentes não vai usar esse cuidado na escolha de palavras-chave!

Procure limitar o mercado para se sobressair da concorrência. Encontrar os nichos rentáveis. Utilize variedade de métodos diferentes para comercializar o produto. Abra o mercado para a lista de e-mail. Escreva artigos interessantes e distribua para os bancos de dados. Estabeleça o desempenho em nível especialista na área do produto ou serviço.

Artigo escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Negócios

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário