O Que Faz Um Analista de Faturamento

Um analista de faturamento é uma figura profissional que está sendo muito solicitada em empresas de médio e grande porte. Em alguns casos, pequenas empresas também contratam esse profissional, mas é um caso mais raro.

A figura do analista de faturamento dentro de uma empresa, podemos dizer que é relativamente nova. A demanda por esse profissional se deu a partir do momento em que as empresas são obrigadas a lidar com um maior número de extratos, contas, faturas, entre outros documentos. Neste caso, entra o analista de faturamento que tem a função de colocar a “casa em dia”. Ele vai auxiliar a parte administrativa dessa empresa a colocar tudo em ordem. Algumas empresas, as de grande porte, acabam exigindo mais do que um analista de faturamento, mas uma equipe de analistas.

O que um analista de faturamento deve fazer basicamente é fazer com que toda a documentação do setor financeiro da empresa para a qual ele foi contratado, esteja em ordem. E quando se fala de toda é desde notas fiscais recebidas e emitidas a fluxo de caixa e transações internacionais. Como dá para perceber é um profissional que trabalha essencialmente com números e muita conta.

Onde um Analista de Faturamento Normalmente Costuma Atuar?

O analista de faturamento não vai trabalhar sozinho, mesmo que não tenha uma equipe, ele irá desenvolver as suas funções junto com o pessoal do setor fiscal e financeiro da empresa que o contratou. Além disso, fará parte dessa equipe o grupo de pessoas que atuam no setor operacional. Uma vez formada a equipe fica sob a responsabilidade do analista de faturamento as notas fiscais, o controle e emissão de faturas  e o controle e manutenção dos gastos internos da empresa.

Quando a empresa possui negócios fora do país, costuma dar a incumbência para o analista de faturamento de fazer todas as cobranças fora do território nacional. E pode se agregar a essas funções ditas anteriormente, aquela de fiscalizar o fluxo de caixa.

Podemos comparar, de forma análoga, um analista de faturamento a um contabilista, que não estaria prestando serviço para a empresa fora dela, como é normalmente, mas que trabalha dentro em tempo integral. Neste caso, ele fica monitorando e controlando e evita que aconteçam problemas e erros dentro do faturamento daquela empresa.

Qual a Formação Necessária Para ser um Analista de Faturamento?

Para ser um analista de faturamento é necessário ter formação universitária e não serve qualquer curso, a exigência é que a conclusão do ensino tenha sido feita em uma das seguintes faculdades: Economia, Ciências Contábeis, Administração, Finanças ou em áreas que tenham a ver.

Porém, não basta somente a conclusão do curso superior, é necessário fazer cursos extracurriculares para aprimorar e completar o conhecimento adequado para exercer o cargo. E quando se trata de empresa de grande porte que possui negócios fora do país, um excelente nível de inglês é exigido do candidato na hora de entrevista. A língua estrangeira será essencial para o trabalho.

Quanto Ganha um Analista de Faturamento?

Mal comparando podemos dizer que o analista de faturamento é um personal contador e trabalha em tempo integral para evitar que as contas da empresa saiam do eixo de alguma forma. Apesar da exigência da formação e do conhecimento de inglês necessário, o salário não é um dos mais atrativos, porque falamos de um cargo de grande responsabilidade.

Um analista de faturamento ganha, em média, entre 2 mil e 3 mil reais por mês. É claro, que salários variam muito de um estado para outro e de uma empresa para outra. E pode ser tanto muito superior quanto inferior. Então, se trata de uma média, mas que pode ser perfeitamente fora do valor de uma empresa que esteja procurando esse profissional.

Analista de Faturamento

Analista de Faturamento

Os profissionais que falam inglês, normalmente, são aqueles que ganham mais.

Não é uma profissão que as vagas são fáceis de serem encontradas e tão pouco se trata de um trabalho que é impossível de achar uma oportunidade. A experiência é sempre um diferencial e começar em uma empresa pequena pode ser sempre a chance de dar o primeiro passo.

Como Ser um Bom Analista de Faturamento

As pessoas que não gostam de números não devem nem pensar na profissão e muito menos aquelas que não gostam de administrar dinheiro de outro. Basicamente, controlar contas é o trabalho de um analista de faturamento e apesar de estar organizando e fazendo o controle, ele é obrigado a calcular e recalcular quantas vezes forem necessárias.

Mas, não basta só fazer cálculos para ser um bom analista de faturamento, porque não é só fluxo de caixa da empresa que ele estará cuidando, impostos também fazem parte da rotina desse profissional. Então, é muito importante, se você quer ser um analista de faturamento com um certo diferencial, que você conheça todas as leis em relação ao comércio que está trabalhando, empresa, que sejam vigentes naquela cidade de atuação. Conhecer os trâmites fiscais fazem com que o seu empregador tenha mais confiança em você e que seja mais fácil entender as contas. No que foi gasto e porque foi gasto daquela forma.

Por isso, quando se trata de empresas com negócios fora do Brasil, não basta só falar o inglês, que vira requisito básico, é preciso entender das regras de importação e exportação ou qualquer outra que tenha ligação direta com a empresa para qual se está trabalhando.

Entender de questões fiscais ou de legislações que regularizem os negócios feitos fora do país pela empresa são conhecimentos que o analista de faturamento não irá aprender no banco da faculdade. Por isso, como foi dito no início, ele precisa buscar cursos específicos que deem esse tipo de aprendizado. E fora a experiência, ter esse tipo de conhecimento pode ser o fator principal para que o seu potencial chefe escolha você e não o seu “concorrente” para aquela vaga de trabalho.

As vagas para analista de faturamento podem ser encontradas em sites de busca de trabalho, colocando na procura “analista de faturamento” exatamente como é chamado o profissional. Depois e só mandar o currículo e se preparar para a entrevista. E se preparar para uma entrevista significa ler e tentar entender o máximo possível sobre a empresa para a qual você está tentando uma vaga.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Emprego

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário