Mórmons: Absolutamente Tudo

Atualmente, o mundo é bastante dividido em relação a religião da humanidade. Há várias, como a Católica, a Mulçumana, o Judaísmo, entre muitas outras. E, a afirmação de uma determinada religião desencadeia uma série de conflitos, muitas vezes violentos, para tentar impor uma religião, ou para que respeitem a que é praticada.

Pequena Introdução Sobre a Influência Da Igreja Católica

Antigamente, a Igreja Católica era quem comandava a população. Como a população temia as ações da Igreja, muitos tinham medo de se impor em relação a ela e acabar sendo levado à morte. Mas, independente disso, muitas pessoas tentaram um embate contra a instituição, e, consequentemente, foram reprimidas e algumas foram mortas.

Determinadas pessoas que seguiam a doutrina Católica não aceitavam alguns argumentos ou ações da Igreja e optaram por se desligar dela e criar uma nova Igreja. É o caso de Martinho Lutero, que, depois de não aceitar algumas normas da Igreja Católica, como o pagamento para ser perdoado dos pecados, se desligou da instituição e deu início a Reforma Protestante.

Pequena Introdução Sobre a Influência Da Igreja Católica

Pequena Introdução Sobre a Influência Da Igreja Católica

Lutero tentou, com isso, mudar algumas das normas impostas pela Igreja. Recebeu o apoio de várias personalidades da época, como governantes, religiosos, entre outros. A campanha surtiu efeito: A Igreja foi separada, surgindo a “Igreja Ocidental” para os católicos de origem romana, protestante ou reformado.

Hoje, há uma diversidade muito grande de religiões, e a pessoa pode escolher qual se adéqua mais com o seu estilo e o seu estado espiritual. Iremos falar sobre uma religião que está no mundo desde o início do século XIX: Os Santos dos Últimos Dias, mais conhecido como Mórmons. A seguir, iremos contar mais sobre essa religião, sobre o seu início, enfim. Gostou? Então venha com a gente conhecer um pouco mais da história dessa religião.

O Início Dos Mórmons

O Movimento Mórmon teve seu início há vários anos, mas somente foi organizado como religião em meados do ano de 1830. Seu fundador, Joseph Smith, afirmou que recebeu mensagens divinas para não se filiar a nenhuma instituição religiosa da época, pois elas estavam cobertas de pecados, como o preconceito. Assim, depois disso, em 6 de abril foi fundada a Igreja, com seis pessoas mais Smith.

O Início Dos Mórmons

O Início Dos Mórmons

Nesse mesmo ano, Smith lançou o “Livro de Mórmon”, que dizia que a sua Igreja não se diferencia em nada da Católica, mas se restaurou e está sendo chefiada por um novo profeta: O próprio Smith. A sua inspiração para a escritura do livro veio por meio, como Smith afirma, de um anjo que se chama Moroni e que viveu no ano de 400 depois de Cristo. Ele teria entregado a Joseph um manuscrito, registrado em várias placas revestidas de ouro. O que chamava a atenção era a diferença das letras, e que levou a ser chamado de “hieróglifos reformados”. Depois de concluir a tradução das placas, ele devolveu as mesmas ao mesmo anjo que as tinha entregado.

Depois de a religião Mórmon se popularizar razoavelmente, eles começaram a agir contra a população: Saqueavam o comércio, ameaçavam constantemente as pessoas, enfim, causavam a desordem na cidade. A resposta do governo era com mais violência, obviamente.

O fundador, Smith, comumente era acusado por esses acontecimentos. Diziam que ele era o mentor de todo o caos que o movimento Mórmon causava por onde passava. Além disso, o acusavam de querer impor uma religião na qual as suas pregações eram erradas e de que ele possuía mais de uma mulher. Segundo historiadores, é provável que ele pudesse ter cerca de 50 mulheres. Isso mesmo: 50 esposas!

Depois de tudo isso, em 1844, Joseph foi encarcerado por acusações como falsificação, falta de ética e moralidade, enfim. Mas isso não foi suficiente para saciar a fome sanguinária da população. Notoriamente revoltados e tomados pelo ódio, entraram a força na prisão onde se encontrava Smith e começaram a linchá-lo. Depois de espancá-lo até um determinado tempo, o pegaram e o jogaram pela janela de sua cela. Mas perceberam que ele ainda não estava morto. Assim, o colocaram numa cadeira e o metralharam.

Antes que isso viesse a acontecer, Smith já havia dado a sua autoridade no movimento aos apóstolos que foram selecionados pelo mesmo. Já que eram mais de um, uma batalha foi iminente e culminou na separação do grupo, em 5 partes. Desses, existem apenas 3 grandes organizações.

Mórmons Em Território Brasileiro

A atuação mórmon em território brasileiro começou há cerca de 60 anos, quando os primeiros convertidos e pregadores dessa religião chegaram aqui. Todos eles vieram de terras Estadunidenses.

O trabalho de levar a religião Mórmon pelo país teve início no estado sulista de Santa Catarina, em uma comunidade alemã que vivia da agricultura. Logo ganhou o apoio de missionários mórmons de outros locais. Como consequência, foram enviados para lá uma leva de pregadores da religião.

Como alguns desses missionários não compreendiam a língua portuguesa, professavam a sua doutrina por meio da linguagem alemã, que exigia muita dedicação, paciência e carinho ao próximo.

Já no ano de 1935, foi inaugurado a “Missão São Paulo Brasil”, mas teve as suas atividades canceladas durante o período da Segunda Guerra Mundial, o que fez os missionários retornarem aos EUA. Voltariam novamente ao Brasil no fim da década de 40 e, depois desse turbulento momento, a obra da Igreja teve um crescimento acelerado.

Movimento Mórmon No Brasil Atualmente

Hoje, o país conta com mais de 660 igrejas esparramadas pelo vasto território, além de novas unidades estarem em fase de construção. As pessoas que nela trabalham não recebem nenhum tipo de pagamento. Eles são uma espécie de voluntários, no qual reservam uma parte do tempo para colaborar com a Igreja, dos mais diversos setores. Desde a limpeza até a pregação. Geralmente, que lidera uma sede da Igreja são pessoas bem sucedidas, como empresários. Mas há também outras pessoas das mais variadas classes.

O Movimento Mórmon No Mundo Atualmente

De acordo com pesquisas, foi constatada que a religião Mórmon é a que mais cresce mundialmente e que é uma seita com um grande número de adeptos. O número de Mórmons pelo mundo já ultrapassou a marca de 14 milhões de adeptos.

Por Francisco Prado

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religião

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário