Origem Da Linha Do Equador

O nosso planeta é muito grande, apesar dos outros grandes corpos celestes que circundam ao nosso lado, como Júpiter, Saturno e também o astro que nos fornece luz e calor: o Sol. Mas, se compararmos o nosso tamanho com o da Terra, vimos que, realmente, a Terra é uma ‘’casa’’ gigante.

E, também sabemos que a Terra possui muitas porções de terras, a maioria habitável. Foi possível estabelecer continentes, países, cidades, enfim. Para que a divisão ficasse mais nítida, estabelecem linhas imaginárias para demarcar o terreno desses países e também cidades.

Origem Da Linha Do Equador

Origem Da Linha Do Equador

Mas algumas dessas ‘’linhas’’ foram projetadas para separar uma porção do planeta, ou somente para indicar algumas alterações na temperatura ou também para delimitar os extremos de um planeta.

Uma das linhas imaginárias que ‘’existem’’ é a Linha do Equador, que frequentemente você já deve ter ouvido ou estudado sobre ela nas aulas de geografia. Mas qual é a origem da Linha do Equador? Neste artigo iremos responder a essa questão. Vamos lá?

Imagem de Amostra do You Tube

A Linha Do Equador

A Linha do Equador é bastante conhecida no mundo todo, visto que ela divide o planeta Terra em dois hemisférios: O norte e o sul. A porção Norte é a maior concentração territorial do mundo, já que nele se concentra a maior parte dos continentes. Nós devemos ressaltar que a divisão do planeta pela Linha do Equador nada tem a ver com a Divisão Norte-Sul, que mostra os países desenvolvidos (Países Ricos) e os países subdesenvolvidos (Países Pobres). Entretanto, o uso dessa expressão (Norte-Sul) está caindo no esquecimento, sendo pouco utilizado.

Voltando ao assunto, a Linha do Equador é muito importante, já que, por ela, é possível identificar qualquer ponto terrestre. Isso com o auxílio de outras linhas, os paralelos, que se estendem ao sul da Linha do Equador e ao norte da mesma.

A latitude dessa linha é 0º, e, como já dito, dela qualquer ponto na superfície do planeta pode ser localizado. Em outros planetas, o Equador também é medido semelhantemente a essa maneira.

A Linha do Equador tem origem desde os tempos antigos, bem antes mesmo de a população daquela época imaginar que a Terra tinha um plano redondo, e não quadrado, como supunham. Entretanto, o nome de quem inventou essa linha imaginária permanece desconhecido, mas o que se sabe é que a ideia para a invenção era de uma marca no céu.

A Extensão total da Linha do Equador ultrapassa os 40 mil km.

A Linha Do Equador

A Linha Do Equador

A Função Da Linha Do Equador

A Linha do Equador tem várias funções, mais do que somente delimitar a divisão do planeta em Hemisfério Sul e Hemisfério Norte. Ele também indica a superfície da Terra onde o Sol incide com mais intensidade. Isso explica o ‘’Clima Equatorial’’, onde as chuvas são diárias, com um clima mais quente. Nesse local, as estações não são sentidas tão fortemente, já que, como o Sol tem mais incidência nessa área, obviamente que o calor também é mais transmitido.

O Clima Equatorial atinge os países onde a linha os atravessa. No Brasil, por exemplo, nos estados do norte, como Amapá, são sentidos os efeitos desse clima.

Juntamente com a Linha do Equador, há outros 4 trópicos (2 em cada hemisfério) que auxiliam na demarcação de zonas climáticas. São eles: Trópico de Capricórnio e Círculo Polar Antártico; e Trópico de Câncer e o Círculo Polar Ártico. Vamos conhecer um pouco de cada um?

Imagem de Amostra do You Tube

Trópico De Capricórnio e Círculo Polar Antártico

O Trópico de Capricórnio e o Círculo Polar Antártico estão localizados no Hemisfério Sul, abrangendo, então, uma parte da América do Sul, do continente Africano, e também alguns países da Oceania. O total de continentes atravessados pelo Trópico são 03, num total de 11 países cortados pela ‘’linha’’. Estando no Sul, obviamente abaixo da Linha do Equador, representando a latitude 23,4378° Sul. Nos mapas, o Trópico de Capricórnio é representado por meio de uma pontilhada onde separa a Zona Tropical da Zona Temperada da parte Sul.

O Trópico de Capricórnio, como já dito, atravessa continentes e muitos países. Inclusive, corta a Austrália ao meio. Ela também atravessa o Brasil, cortando os estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

O Círculo Polar Antártico é outro paralelo que é ‘’vizinho’’ ao Trópico de Capricórnio, e circunda o território da Antártida.  Nesse paralelo, há um dia anual em que o Sol não aparece. Mas, no Polo Sul e também no Norte, há um período semestral onde o sol não aparece, ficando escuro durante todo esse tempo. A explicação é para a posição da Terra em relação ao Sol.

Trópico De Câncer e Círculo Polar Ártico

O Trópico de Câncer é equivalente ao Trópico de Capricórnio, só que divide a zona tropical da parte norte do planeta. Ele, assim como Capricórnio, corta 3 continentes, mas atravessa 17 países.

O Trópico de Câncer, juntamente com o Trópico de Capricórnio, delimitam as chamadas ‘’Zonas Climáticas’’ do nosso planeta, no qual iremos falar agora.

Zona Temperada Sul E Zona Polar Antártica; Zona Temperada Norte e Zona Polar Ártica

Sendo representadas pelo Trópico de Capricórnio, a Zona Temperada Sul e a Zona Polar Antártica estão no hemisfério sul do planeta. (A Zona Temperada Sul compreende alguns territórios de nações, como a parte sulista do Brasil, Uruguai, uma parte da Argentina, uma parte do Chile e também do Paraguai). Além da América do Sul, a Zona Temperada Sul ainda atravessa outros países como a Nova Zelândia, a Austrália e uma parte do continente Africano.

Os dias onde a radiação UV- os famosos raios ultravioleta que podem causar muitos males às pessoas que ficam muito tempo expostas ao Sol sem uma proteção- tem baixa nos dias 21-22 do mês de junho, já que é nesse período onde o Sol estará incidindo com mais força na Zona Temperada Norte, ou seja, em alguns países do hemisfério norte, como os EUA, Europa, Europa Oriental e também parte da China, entre outros. É aí que percebemos que, nos países que estão recebendo uma dose maior de calor, a estação correspondente é o verão. Enquanto isso, em alguns países abaixo da Linha do Equador, o inverno predomina.

As Zonas Polares são as partes extremas do planeta: o Polo Sul (Zona Polar Antártica) e o Polo Norte (Zona Polar Ártica). Lá, os níveis de radiação UV são pífios, sendo, quase o ano inteiro, inverno.

Por Francisco Prado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>