Momentos Incríveis

A humanidade surgiu há aproximadamente 30 mil anos e desde aquele momento nunca parou de se reinventar, descobrir coisas novas sobre si mesmo e transformar a sua vida na Terra. Através do uso de ferramentas feitas de paus e pedras o homem foi desbravando o mundo e se espalhando por ele. Cada passo rumo à evolução representou um momento incrível em direção ao que somos.

Humanidade

Humanidade

A Evolução

Durante a época pré-histórica o homem criou o que hoje chamamos de arte através de suas pinturas e esculturas. Claro que nessa época não existia o conceito de arte e não parecia que aquilo teria algum significado. Além disso, também foi no período da pré-história que foi criada a agricultura que até os dias de hoje é essencial para a sobrevivência do homem.

A evolução do homem continuou e a sua vida foi se tornando cada vez mais civilizada e em sociedade. Conforme o tempo passou a sua vida foi ficando cada vez mais diversificada. Nessa trajetória existiram alguns momentos históricos que foram essenciais para mudar o rumo do homem no planeta. Vamos conhecer melhor alguns desses momentos incríveis?

Momentos Incríveis da História da Humanidade

Invenção de Sistemas de Escritas – O Surgimento do Alfabeto

A escrita, sem a qual não vivemos hoje em dia, foi inventada há mais ou menos cinco mil anos no Antigo Egito e Mesopotâmia. Podemos dizer que essa invenção pode ser usada como o divisor de águas entre pré-história e a História. Para que fosse possível guardar os acontecimentos mais importantes ligados a religião, sociedade e etc.

Aliás, vale ressaltar que boa parte do que temos conhecimento nos dias de hoje sobre o passado da humanidade se deve a criação dos sistemas de escrita. Dentre os primeiros sistemas de escrita que a humanidade utilizou estão a cuneiforme (criada pelos sumérios) e os hieróglifos e escrita demótica criada pelos antigos egípcios.

Evolução da Escrita

Aproximadamente dois milênios após da invenção dos primeiros sistemas de escritas os fenícios (que eram comerciantes que percorriam o Mediterrâneo) criaram um sistema de escrita que tinha como base 26 caracteres que poderiam ser usados para compor qualquer palavra existente ou que ainda seria criada. Como esse sistema de escrita era bem mais simples que a escrita cuneiforme e hieróglifos se espalhou pelo globo.

Monoteísmo – Crença Num Único Deus

As civilizações antigas por milênios tinham crenças politeístas (fé em vários deuses), podemos citar os egípcios, babilônios, escandinavos, gregos e romanos. Em geral os deuses em que eles acreditavam tinham aspecto antropozoomórfico (características humanas e de animais). A cerca de 4 mil anos algumas tribos que viviam entre a Mesopotâmia e o Egito passaram a idolatrar um deus onipotente.

Esses povos passaram a acreditar num único deus poderoso que criou tudo o que existe e que era único.  É interessante acrescentar que várias histórias desse povo estão no Antigo Testamento da Bíblia. O monoteísmo com base na existência de um único e poderoso deus seria compartilhado e aceito por duas as principais vertentes religiosas do mundo: judaico-cristã e muçulmana.

A Filosofia

É incrível pensar que somente o ato de pensar pode ter mudado e influenciado tanto a história da humanidade. Cerca de seis a quatro séculos antes do aparecimento de Jesus Cristo nasceram homens que mudaram a história da humanidade, estamos falando dos filósofos Sócrates, Platão e Aristóteles. Os três pensadores foram os responsáveis por dar início a filosofia, sistema de pensamento em que são feitas argumentações que possuem contra-argumentações.

Foi através dessa iniciativa de entender o mundo através do pensamento racional que se desenvolveu o pensamento lógico. O desenvolvimento do método filosófico foi desenvolvido por Sócrates e Platão. Aristóteles foi o responsável pela evolução. A filosofia buscou através do pensamento encontrar verdades universais.

O Império Romano

A partir do século 3 a.C os romanos começaram a expansão do seu império, nessa fase os povos egípcio, grego, judeu e fenício eram culturas estabelecidas e antigas. Em parte Roma se tornou uma cidade poderosa pelo rigor do seu povo em seguir as leis e por contar com guerreiros obstinados. Os romanos formaram exércitos de soldados que eram temidos e conforme foram vencendo guerras e conquistaram territórios foram ficando mais ousados.

Já no século 1 a.C. Roma era a verdadeira dona do mundo no Ocidente. Além de guerreiros o povo romano contava com excelentes construtores que formaram uma rede bastante forte de estradas, construções e aquedutos. Outro legado deixado pelos romanos diz respeito às leis, sistema de administração e a cultura que perdurou por séculos.

Grandes Invasões

O Império Romano no século 4 estava enorme e se tornou muito difícil administrá-lo. Eram muitas fronteiras para tomar conta e para isso começaram a ser formados exércitos compostos de estrangeiros. Havia ainda a questão de que grande parte dos cidadãos eram escravos e o restante da população sofria com os altos tributos. Tudo isso gerou diversas rebeliões que causaram o esfacelamento do Império.

Como o Império ficou mais fraco logo passou a ser atacado por outros povos como os germanos bem como de grupos de guerreiros vindos do Oriente como o povo huno. Essa derrocada do Império levou a um momento histórico de guerras e muita insegurança. Nesse cenário caótico houve o início do temor de coisas que estavam além da compreensão como feitiçaria, assim o cristianismo se consolidou como uma possibilidade de salvação da humanidade.

Sistema Feudal

Nesse contexto de medo as populações passaram a se refugiar no campo e as cidades então foram perdendo a sua importância dando origem ao feudalismo que durou séculos e levou o mundo do ocidente para um momento de trevas e ignorância.

Eclosão da Burguesia – Nova Ordem Econômica

O período histórico que ficou conhecido como Baixa Idade Média (início no século XI) foi aquele em que se assistiu ao nascimento da burguesia, a classe que mostrou ser possível ascender na vida através do trabalho. Depois de muito tempo dependendo dos senhores feudais os comerciantes e artesãos que tinham dinheiro resolveram criar os seus exércitos e criaram as suas cidades como verdadeiras fortalezas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário