A Evolução do Cinema

Cinemaniaco é a palavra criada para designar aquelas pessoas que são apaixonadas por cinema e assistem todos os lançamentos e mais, assistem repetidamente os seus filmes preferidos. Os cinemaniacos sabem tudo sobre a sétima arte, desde a criação do roteiro, filmagem até o lançamento dos filmes, são fãs de carterinha dos clássicos e também dos filmes modernos e assistem desde os velhos filmes do cinema mudo até os lançamentos como os melhores filmes dos anos 80. Tudo é cinema, tudo é cultura.

Histórico e a Evolução do Cinema

Histórico do Cinema

O cinema como o conhecemos hoje foi se aperfeiçoando e evoluindo ao longo dos séculos, mas cabe aos irmão Louis e Auguste Lumière a criação do cinematógrafo e que seriam o precursor das filmadoras como a conhecemos hoje e do cinema moderno. O cinematografo utilizava vários negativos de fotos perfurados que eram movimentados por uma manivela e assim davam movimento as imagens, através deste aparelho foi possível criar os primeiros filmes a serem exibidos para pequenos públicos. o cinematografo deu nome a nova arte que começava a surgir, o cinema que encantou o mundo com sua magia.

A Origem e Evolução do Cinema

A Origem do Cinema

No início o cinema era visto simplesmente como uma forma de arte, para no século XIX se tornar a maior indústria de comunicação de massa. A industria do cinema revolucionou o mundo e os conceitos de arte e pode-se dizer que o cinema foi também o precursor da globalização, pois através do cinema culturas diferentes foram conhecidas e reconhecidas, pois o cinema venceu barreiras e fronteiras, encantando e levando as pessoas a conhecerem mais sobre os outros povos e outras organizações sociais, cultura religiosa, etc.

A Evolução do Cinema

A Evolução do Cinema

O cinema causou um impacto na sociedade quando da sua criação e difusão, como meio de comunicação de massa registrando fatos e contando histórias, e expandiu-se rapidamente, primeiramente pela França, Estados Unidos e Europa e depois pelo restante do mundo ocidental. A primeira exibição pública paga aconteceu no dia 28 de dezembro de  1895, então pequenos filmes mudos realizados pelos irmãos Lumiere retratando situações do cotidiano. Somente 3 décadas após os filmes ganham som e algumas peças de teatro de sucesso na época são filmadas, com grandes atores do teatro estrelando os filmes. Logo vem o grande sucesso dos filmes de Charles Chaplin (1889-1977), e as comédias como “Carlitos repórter” fazem sucesso também na Rússia, Inglaterra e Itália.

No ano de 1903, com o primeiro filme de faroeste “O grande roubo do trem” tem início a indústria do cinema, que não parou mais de crescer e teve seu ápice em Hollywood, considerada a meca do cinema, onde estão concentradas as maiores produtoras de cinema do mundo. Nesse período desde sua criação aos dias de hoje o cinema evoluiu muito, a sétima arte foi muda, ganhou som e cor, inovou em tecnologia e efeitos especiais que revolucionaram a criação cinematográfica do mundo, sem no entanto perder seu encanto, sua capacidade de comunicar, informar, fazer rir, chorar, emocionar e fazer as pessoas sonharem com bons filmes. Com certeza o cinema merece o título de sétima arte, e alguns filmes como “E o vento levou” chegaram a levar cerca de 120 milhões de pessoas aos cinemas do mundo inteiro, se emocionando com a linda história de amor vivida por Vivian Leigh e Clark Gable.


Categoria(s) do artigo:
Cultura

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário