Márcio Ribeiro: Ator e Comediante

Nascido no dia 12 de maio de 1964 na cidade de São Paulo, o comediante Márcio Ribeiro, faleceu no dia 29 de maio de 2013 em Brasília onde estava para a realização de um show. O ator e comediante que tinha apenas 49 anos de idade quando faleceu foi apresentador do icônico programa infantil “X-Tudo”. Além disso, ele participou de novelas como “Malhação” e humorísticos como “Os Caras de Pau” da Rede Globo. Nos últimos anos de vida ele fazia shows de stand up.

A Despedida de Márcio Ribeiro

Aos 49 anos, Márcio Ribeiro, faleceu em Brasília e deixou muitos fãs do seu trabalho de comédia e pessoas que o acompanharam durante anos a frente do X-Tudo, exibido pela TV Cultura. A informação da morte de Márcio foi confirmada no seu perfil no Facebook e de acordo com o post ele teve algumas complicações cardíacas.

O comediante estava em Brasília para participar do evento “Setebelos Convida” que acontece todas as segundas e terças. Na segunda Márcio se apresentou normalmente, porém, na terça à tarde começou a se sentir mal e acabou sendo levado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran). A Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou que o comediante faleceu às 5h30.

Os Trabalhos de Márcio Ribeiro

A carreira de Márcio foi bem diversificada contando com participações em programas da TV Globo como “Sandy e Junior”, “Os Caras de Pau”, ele chegou até mesmo a escrever quadros para o programa “Domingão do Faustão”. Uma das últimas participações de Márcio na TV foi interpretando o professor Homero em “Malhação”.

Também fez o papel de Broncoli no programa humorístico “Os caras de pau”, com Marcius Melhem e Leandro Hassum. Na TV Cultura Ribeiro ficou dez anos e atuou na primeira versão do programa infantil “Rá-tim-bum”.

Cinema

Márcio era um ator versátil e participou de filmes como “Romeu e Julieta”, de Bruno Barreto e “Domésticas”, de Fernando Meireles. Outros trabalhos de Márcio incluem a novela “Brasileiros e Brasileiras”, programa “Sem controle” e no “Câmera café”. Também houve a participação na “Escolinha muito louca” da Band como o personagem Hugo Taxista.

Comerciais de TV e Prêmios Como Ator

Outro segmento em que Márcio brilhou muito foi o publicitário, um ator bastante requisitado para comerciais. Ele fez campanhas para marcas de chocolate, sorvete, lâminas de barbear e ainda outros vários produtos. O ator chegou a receber prêmios como no Festival de Cinema de Brasília (1987) e no de Gramado (1988) pelo seu trabalho. No mesmo ano de Gramado Márcio foi escolhido como melhor ator do Rio Cine Festival.

O Carinho dos Amigos

O trabalho de Márcio Ribeiro, principalmente na comédia foi muito importante para as novas gerações e por isso muitas pessoas manifestaram o seu carinho por ele quando souberam da triste notícia. Dentre os atores e humoristas que lamentaram a morte de Ribeiro estão Macelo Adnet que postou no seu perfil do Twitter: “Ficam as boas lembranças e as piadas na lata de um dos mestres da comédia pra nossa geração de comediantes! Marcio Ribeiro, porrrra! Saudade”

O “porrrra” da mensagem é uma referência a forma como Márcio falava principalmente quando estava contando piadas. O apresentador do CQC, Marcelo Tas, também postou no Twitter uma mensagem: “Marcio Ribeiro era o ‘tio maluco’, tipo fundamental e querido em qualquer família. Daí encantar crianças de todas idades”.

Lista de Prêmios Recebidos Por Márcio Ribeiro

Prêmios Como Ator

1987

No Festival de Cinema de Brasília – Melhor Ator

1988

No Festival de Cinema de Gramado – Melhor Ator

No Rio Cine Festival – Melhor Ator

No Festival de Cinema de Guarnicê (realizado no Maranhão) Márcio recebeu o Prêmio de Melhor Ator.

Prêmios em Televisão

Prêmios do Programa Infantil Rá-Tim-Bum – Márcio fez parte do elenco fixo do programa.

http://www.youtube.com/watch?v=f0XdcR3UFoM

No Festival de Nova York o programa recebeu Medalha de Ouro

Melhor Programa Infantil

Prêmio de Reportagem para o “X-Tudo/Jamboree”

1º Prêmio (República do Panamá)

Melhor Programa infantil

International Quality Service – Prêmio Qualidade Brasil 2001

Dia Internacional da Criança da TV de 1997 – Prêmio de Melhor Programação do Ano (recebeu o mesmo prêmio em 1998 e 1999)

Prêmio Emmy-Unicef

Prix Television Jeunesse

Em 1987 recebeu o prêmio de Melhor Programação de TV Pública do Planeta

Peças de Teatro

Prêmio pela peça “Vestido de Noiva” do autor Nelson Rodrigues e cuja direção foi de Márcio Aurélio.

Prêmio pela peça Teledeum com direção de Cacá Rosset.

Prêmio pela peça “Meu Nome é Pablo Neruda” cuja direção foi de Gianfrancesco Guarnieri.

Prêmio pela peça “Corte Fatal” cuja direção foi de Noemi Marinho.

Prêmio pela peça “Família Muda-se” cuja direção foi de Odilon Wagner.

Apesar de muitos apenas se lembrarem de Márcio como comediante ele tinha um grande carinho pelo seu trabalho como ator.

X-Tudo e Márcio Ribeiro

Não tem como falar em Márcio Ribeiro e não pensar diretamente no programa da TV Cultura, X-Tudo. O programa infantil começou a ser produzido no ano de 1992 pelo SESI. O formato tinha como objetivo transmitir informações de uma forma mais rápida e clara para as crianças contribuindo para o nível de boa qualidade dos programas infantis da emissora.

Essa fase profícua de programas infantis da TV Cultura começou em 1990 e terminou em 2002.  Na primeira edição do programa X-Tudo a apresentação era feita pelo ator Gerson de Abreu e pelo boneco X que era manipulado por Fernando Gomes e posteriormente por Henrique Serrano.

O programa abordava assuntos do cotidiano e curiosidades de uma forma geral. Esse programa contou com participações do humorista Marcelo Mansfield no quadro de curiosidades cientificas e de Raquel Barcha como Sherazade num quadro de sugestões de leitura. Havia ainda o entrevistador mirim Rafael Meira.

Com o passar do tempo o elenco do programa foi sendo alterado e Márcio Ribeiro passou a apresentar a atração que fazia parte do dia a dia de muitas crianças da década de 90. Também entraram nessa renovação de elenco Norival Rizzo e Joyce Roma em quadros de esquetes e a entrevistadora mirim Fernanda Souza além do repórter Henrique Stroeter.

Com certeza muitos adultos de hoje se lembram de Márcio a frente do X-Tudo e como parte de sua infância. Para quem deseja saber mais sobre a carreira e a vida de Márcio Ribeiro é interessante conferir o seu site oficial em http://www.marcioribeiro.com.br/.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Comediantes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário