Jogo de Bafo

Tempos de infância

Jogo de Bafo

Jogo de Bafo

Os bons tempos de infância de antigamente voltaram. Uma geração acostumada com vídeo games, computadores e TV acaba de sofre um choque com a cultura que imperava na infância das pessoas que hoje estão na casa dos 40, 50 e 60 anos: a mania das figurinhas renasce, e faz com que gente de todas as idades, principalmente as crianças saiam de suas casas e se reúnam, geralmente perto das bancas de jornais para trocar, negociar e fazer um dos jogos mais antigos que fizeram a alegria das crianças: o bafo.

De quatro em quatro anos a história se repete: independente de idade, classe social, credo ou quaisquer outros parâmetros de classificação social, as figurinhas com os maiores craques de todo o mundo produzem diversão aos que se dedicam a este fim: conseguir a maior quantidade de figurinhas para o seu álbum.

O jogo

Dicas

Dicas

O jogo de bafo consiste nos jogadores colocarem suas figurinhas num monte com a face virada para baixo, o objetivo é o de conseguir virar mais figurinhas para que estas retornem à sua posse. A única regra do jogo é que o jogador a tentar virar o monte não pode fazer nenhum tipo de carga com a mão para forçar a virada de figurinhas.

O negócio

Trocar

Trocar

Mas além de ser uma higiene mental, tem gente que aproveita para faturar com a temporada de figurinhas, vendendo as figurinhas avulsas que faltam para os colecionadores. Normalmente as figurinhas comuns dos jogadores custam entre R$ 0,20 até R$ 0,50, outras custam na faixa de um real e as prateadas, que na verdade são os escudos ou brasões das federações que representam os países variam o preço de um a cinco reais.

Enquanto alguns cambistas fazem negócio um a um, de maneira avulsa, há também os donos de banca de jornal, que aproveitam para oferecer o envelope lacrado como figurinhas avulsas.

Entre os colecionadores, há pessoas com todos os tipos de táticas, como os que nunca compram, só querem trocar, há os que compram e trocam e também há os que não tem nenhuma paciência de esperar e logo compram o álbum inteiro, que no mercado avulso está custando um preço médio de 220 reais.

O fato é que todas essas pessoas correm, discutem, negociam, compram, batem figurinhas em prol de um único objetivo: conseguir completar a coleção e olha que a criançada tem até o brilho nos olhos, parecendo que o computador, a TV e o vídeo game nunca lhe fizeram falta.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Divertido

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário